Brasileirão Série A

Corinthians abusa dos erros, só empata com o Goiás e mostra – de novo – deserto de ideias

Com time misto, Corinthians sofreu para empatar com um Goiás mais organizado e consciente da sua missão no gramado

O Corinthians recebeu o Goiás neste sábado (26), na Neo Química Arena, e sofreu para empatar em 1 a 1 com os esmeraldinos. Depois de sair atrás no placar, o técnico Vanderlei Luxemburgo teve que recorrer aos jogadores que estavam sendo poupados para empatar a partida. Saído do banco, o volante Maycon empatou o jogo e evitou um vexame alvinegro em casa.

Atuando com time misto de olho no jogo de volta das quartas de final da Sul-Americana contra o Estudiantes, o Corinthians teve um começo bastante pobre. Sem Renato Augusto, que começou no banco, o time de Vanderlei Luxemburgo criou pouco e teve trabalho para frear as investidas ofensivas do Esmeraldino.

Romero e Yuri Alberto foram o retrato de um Corinthians que teve muita disposição, mas também que pecou nas tomadas de decisão no setor ofensivo. Foi só na segunda metade da etapa inicial que, após boa jogada de Gabriel Moscardo, os donos da casa chutaram ao gol pela primeira vez. Bola que sobrou para Romero bater sem muito perigo e direto nas mãos do goleiro Tadeu.

Yuri Alberto também teve uma chance desperdiçada para chamar de sua. Aos 33 minutos, depois de uma saída equivocada do goleiro Tadeu, o atacante – que vive longa má fase com a camisa alvinegra – teve uma boa chance para acionar Wesley, mas preferiu arrematar e mandou direto para fora. Na sequência, quase que o castigo veio de forma instantânea. Em um bom contra-ataque, Alano bateu firme e obrigou Cássio a fazer grande defesa.

O Corinthians conseguiu piorar o que já era ruim ao voltar dos vestiários. Após muitos erros defensivos dos donos da casa, o Goiás conseguiu um pênalti e abriu o placar na Neo Química Arena.

Desesperado atrás do placar, Luxemburgo teve que repetir uma estratégia constante: apelar aos poupados. Saídos do banco, Renato Augusto e Maycon foram os protagonistas do gol de empate. Coube ao volante concluir uma jogada muito bem iniciada por ele mesmo para vencer o goleiro Tadeu.

No “abafa” dos minutos finais, o Corinthians até tentou a virada, mas parou no goleiro Tadeu. O desespero corinthiano também rendeu chances aos visitantes, que não conseguiram converter as chances em reais perigos para a meta de Cássio.

Corinthians abusa dos erros no setor defensivo

Há semanas o Corinthians vem intercalando diferentes escalações para tentar lidar com o calendário cheio do futebol brasileiro. A mescla de diferentes ‘times mistos' faz com que o alvinegro apresente quase nenhum padrão em suas apresentações.

A falta de entrosamento entre os atletas ficou escancarada na atuação da linha defensiva alvinegra diante do Goiás. Com o recém-chegado Lucas Veríssimo e o raramente ultilizado Leo Mana, o Corinthians errou muito na saída de bola, dando ao adversário ao menos duas boas chances de abrir o placar no início da segunda etapa.

O susto inicial não fez o Corinthians de Luxemburgo mudar sua postura na segunda etapa. Em uma sucessão de erros de saída da zaga alvinegro, João Magno acabou derrubado por Matheus Bidu em um penâlti infantil. Guilherme bateu firme e abriu o placar para o Esmeraldino.

Ataque alvinegro segue sendo deserto de ideias

Além dos erros defensivos, os mesmos problemas da “Era Luxemburgo” persistiram. Pouca criatividade no setor de meio de campo obrigou o time a abusar dos pontas abertos. Wesley e Romero até tentaram, mas não conseguiram triangular perigosamente nem com Giuliano e nem com Yuri Alberto. Um deserto de ideias no chamado “último terço do campo”.

Até por isso, após sofrer o gol, o técnico corinthiano pediu pressa no aquecimento de Renato Augusto. Em 2023, o meia representa praticamente uma solução mágica para todos os problemas. O paraguaio Matias Rojas e o volante Maycon, que também estavam sendo poupados para o duelo contra o Estudiantes, vieram a campo também para tentar salvar os donos da casa.

Foi Maycon quem se mostrou decisivo. Após bela antecipação no campo de ataque, ele tabelou com Renato Augusto e empatou o jogo. O gol do volante revelado na base alvinegra foi o tento de número 500 do time na Neo Química Arena.

Próximos jogos de Corinthians e Goiás

O Corinthians vai enfrentar o Estudiantes na próxima terça-feira (29), pela partida de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana. O time comandado pro Vanderlei Luxemburgo venceu a ida por 1 a 0 na Neo Química Arena.

O Goiás retorna aos gramados para encarar o Internacional no próximo sábado (02), em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia.

Foto de Lucas Tomazelli

Lucas Tomazelli

Apaixonado por futebol desde as primeiras memórias de infância , é formado em jornalismo pela USP. Antes de integrar a equipe da Trivela, atuou na Jovem Pan Online, Grupo Bandeirantes de Comunicação e Yahoo Notícias Brasil.
Botão Voltar ao topo