Brasileirão Série A

Botafogo reencontra Athletico-PR, pedra no sapato do clube na última temporada

Eliminação na Copa do Brasil e apagão no Nilton Santos marcaram confrontos entre Botafogo e Athletico-PR em 2023

Apesar de ter terminado sem títulos e em crise, o Botafogo viveu um dos melhores anos da sua história recente em 2023. No entanto, um clube foi uma pedra no sapato do Glorioso durante o último ano. Nesta quarta-feira (19), às 19h (horário de Brasília), no Nilton Santos, em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo tem a chance de superar este trauma recente contra o Athletico-PR.

Na última temporada, Botafogo e Athletico-PR se enfrentaram quatro vezes. Além dos dois confrontos pelo Brasileiro, as equipes também duelaram na Copa do Brasil. E o Furacão levou a melhor no retrospecto geral, com alguns requintes inusitados e um pouco de crueldade no meio do caminho.

Na Copa do Brasil, as equipes se enfrentaram pelas oitavas de final. Vivendo ótima fase sob o comando de Luís Castro, o Botafogo chegou a abrir 2 a 0 na primeira partida, em plena Ligga Arena, com gols de Tiquinho Soares e Luis Henrique. No entanto, depois do intervalo, o Glorioso sofreu um apagão e levou a virada por 3 a 2, com os gols do Furacão marcados em um espaço de 26 minutos.

No jogo de volta, precisando da vitória, o Botafogo abriu cedo o placar com Tiquinho Soares, no Nilton Santos. Mas o Athletico-PR amarrou o jogo e o time da casa não conseguiu resolver a situação nos 90 minutos. Nas penalidades, o Furacão levou a melhor por 4 a 2. O próprio Tiquinho Soares e Tchê Tchê perderam as cobranças do Botafogo.

Três dias depois do confronto pela Copa do Brasil, Botafogo e Athletico-PR voltaram a se enfrentar. Dessa vez, pelo Campeonato Brasileiro, na Ligga Arena. Então líder do Brasileirão, o Botafogo foi mais uma vez derrotado em Curitiba, por 1 a 0. Naquela partida, o Glorioso ficou na bronca por um pênalti não marcado de Zé Ivaldo em Janderson.

Apagão e jogo adiado no Nilton Santos

No segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Botafogo já não vivia a sua melhor fase na temporada, mas ainda era líder da competição. Novamente, o Athletico-PR apareceu no caminho. E em um jogo que começou num dia e terminou no outro – o apito inicial aconteceu no sábado (21), à noite, mas problemas no sistema de iluminação do Nilton Santos acabaram fazendo o jogo ser paralisado diversas vezes.

Quando o placar marcava 1 a 1, já em meio a alguns apagões, o árbitro determinou a suspensão do jogo no começo do segundo tempo. A bola voltou a rolar na tarde do dia seguinte, domingo (22), sem público e em ritmo de treino, e o placar não se alterou. Aquele foi o primeiro de uma série de 11 jogos sem vencer do Botafogo, que acabou perdendo o título do Brasileiro e ficando até fora do G-4.

Botafogo e Athletico-PR fazem confronto direto

Assim como no último confronto entre as equipes, agora o Botafogo é, novamente, o líder do Campeonato Brasileiro. O Glorioso assumiu a liderança na última rodada, ao vencer o Grêmio, em Cariacica. O time de Artur Jorge tem 19 pontos, um ponto a mais que Flamengo e Bahia. O Athletico-PR, adversário desta noite, vem logo atrás, com 17 pontos, na quarta colocação.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel RodriguesSetorista

Jornalista formado pela UFF e com passagens, como repórter e editor, pelo LANCE!, Esporte News Mundo e Jogada10. Já trabalhou na cobertura de duas finais de Libertadores in loco. Na Trivela, é setorista do Vasco e do Botafogo.
Botão Voltar ao topo