Brasileirão Série A

Expulso, António Oliveira reprova arbitragem em estreia do Corinthians no Brasileirão

Na visão do técnico português, a arbitragem interferiu no andamento do empate entre Corinthians e Atlético-MG

António Oliveira foi expulso na estreia do Campeonato Brasileiro. O fato aconteceu após o apito final do empate sem gols entre Corinthians e Atlético Mineiro, neste domingo (14), quando o treinador se dirigiu ao árbitro Yuri Elino Ferreira da Cruz para reclamar. A resposta do juiz foi mostrar o cartão vermelho, o segundo da partida que teve cerca de 15 punições aplicadas, contando os amarelos a atletas e membros da comissão técnica.

No fim da primeira etapa, o meia Rodrigo Battaglia, do Galo, foi expulso após ser amarelado duas vezes por uma sequência de faltas em Yuri Alberto. Na visão do técnico português, o critério usado pelo árbitro foi de tentar “compensar” a expulsão do lado visitante distribuindo punições ao Corinthians. Só para o Timão, o árbitro apresentou 10 cartões, sendo que boa parte desse montante aconteceu no segundo tempo.

— Jogo de muitos duelos físicos no 1º tempo. Tiramos vantagem disso com a expulsão de um jogador. Cada um faz seu trabalho como pode, agora, o juiz, eu não gostaria de ter essa função, o mundo está de olho, não pode falhar, tem família, com certeza faz as coisas de forma honesta, não há dúvida. Agora, não pode querer na segunda parte compensar algo que ele fez e fez bem. Na segunda parte, compensava algo que tinha “errado”, mas que acertou e fez bem — afirmou António, em coletiva de imprensa após a partida.

Dentre as reclamações do treinador, a principal delas foi a interferência da arbitragem no andamento do jogo. Por conta das aplicações de cartões e broncas distribuídas aos atletas, o juiz interferiu diversas vezes na sequência de jogadas. No primeiro tempo, ele teve uma postura diferente, deixando passar faltas claras para ambos os lados.

— Não é possível numa segunda parte, ter 60% de bola parada. Para valorizar espetáculo, temos de começar por algum lado. Teve situação do Yuri no chão, árbitro deixou jogo seguir… não pode ser. Há problemas de critério. Acho que ele foi mal para os dois lados, mas não vou bater mais, ele fez o melhor que pode — acrescentou.

António cumprirá suspensão na próxima rodada do Brasileiro. O Corinthians visita o Juventude, na quarta-feira 17), às 20h (horário de Brasília), no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

 

Corinthians poderia ter feito mais no 2º tempo

No papo com os jornalistas, António também reconheceu que o Corinthians não fez um grande jogo contra o Atlético-MG, principalmente por ter um homem a mais durante toda a segunda etapa. Mesmo, ele ressaltou que as equipes vivem momentos distintos. Enquanto o Timão passa por um período de reestruturação, o clube mineiro é mais organizado e mantém a base do elenco junta há algum tempo. Neste momento, o Galo apenas ajusta detalhes táticos desde a chegada do técnico Gabriel Milito.

— Um início de uma nova temporada, de um Brasileiro, que é muito difícil, não há adversários fáceis. Calhou do primeiro jogo em casa ser contra um dos candidatos ao título, pelos investimentos, com jogadores há muito tempo jogando juntos. Foi um resultado até justo, num jogo difícil, poderíamos ter ganhado, mas somamos um ponto num início de uma maratona grande que é o Brasileirão. — admitiu António.

— Evidentemente deveríamos ter feito mais na criação, mas nós temos que encontrar um ponto de equilíbrio. É um adversário muito bom coletivamente e principalmente individualmente. Prometi uma equipe equilibrada e competitiva, e isso aconteceu. Não é tendo 10 jogadores na frente que vamos ser ofensivos. Quem conhece minhas equipes, sabe que são equipes seguras defensivamente, equilibradas. O resultado foi justo, num jogo difícil. Poderíamos ter vencido, sim, mas somamos um ponto — concluiu.

Próximos jogos do Corinthians

  • Juventude x Corinthians — Brasileirão — quarta-feira, 17 de abril, às 20h (horário de Brasília)
  • Bragantino x Corinthians — Brasileirão — sábado, 20 de abril, às 18h30 (horário de Brasília)
  • Argentinos Juniors x Corinthians — Sul-Americana — terça-feira, 23 de abril, às 21h30 (horário de Brasília)
Foto de Livia Camillo

Livia Camillo

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário FIAM-FAAM, escreve sobre futebol há cinco anos e também fala sobre games e cultura pop por aí. Antes, passou por Terra, UOL, Riot Games Brasil e por agências de assessoria de imprensa e criação de conteúdo online.
Botão Voltar ao topo