Brasil

Sem sustos, mas com pouca inspiração, time alternativo do Botafogo vence o Bangu pelo Carioca

Com um time titular totalmente diferente da estreia, o Botafogo venceu o Bangu por 2 a 0, neste sábado (20), no Nilton Santos, com gols de Júnior Santos e Jeffinho

Com um time totalmente diferente do primeiro jogo, o Botafogo venceu o Bangu por 2 a 0, neste sábado (20), pelo Campeonato Carioca. Como o próprio técnico Tiago Nunes já havia anunciado, ele aproveitou a partida válida pela segunda rodada da Taça Guanabara para fazer testes, rodar o elenco e dar ritmo de jogo para mais jogadores. Mesmo assim, o Glorioso não teve dificuldades para vencer o Bangu, com gols de Júnior Santos e Jeffinho, que marcou o seu segundo gol em dois jogos neste retorno ao Botafogo.

Com o resultado, o Botafogo chegou ao seis pontos e lidera a Taça Guanabara, com 100% de aproveitamento. O Bangu, por outro lado, ainda não pontuou e é o 11º colocado da competição.

Como foi a vitória do Botafogo sobre o Bangu

O começo da partida no Nilton Santos deu impressão de que o Botafogo iria atropelar o Bangu neste domingo, mesmo com o time reserva. Logo no primeiro minuto, Kauê arriscou de longe e obrigou o goleiro Gabriel Leite a espalmar para o lado. E, no lance seguinte, o time da casa já abriu o placar. Segovinha de um bom passe para Marçal, que foi na linha de fundo e cruzou rasteiro para trás. Kauê desviou e a bola sobrou para Júnior Santos, que finalizou de primeira para as redes, sem chances para o goleiro adversário.

Apesar dos primeiros minutos em alta rotação, o Botafogo logo deixou o ritmo cair. O Bangu aproveitou e tentou sair para o jogo, mas a falta de qualidade no ataque prejudicou o time. Controlando a partida, o Glorioso só voltou a assustar depois dos 20′. Primeiro, com Diego Hernández, que finalizou uma bola para defesa de Gabriel Leite e, depois, com Segovinha, que aproveitou uma sobra e chutou perto do travessão.

Sob forte calor, o jogo ficou em ritmo lento e teve poucas emoções no primeiro tempo. Pouco antes do intervalo, o Bangu teve a sua melhor chance do jogo com Erick Daltro, mas Igo Gabriel saiu bem no lance e fez a defesa.

‘Titulares' entram e melhoram o time do Botafogo

O Botafogo voltou do intervalo com o mesmo time do primeiro tempo e teve dificuldade de criar oportunidades de gols. O Glorioso só conseguiu chegar com perigo aos 12′, em nova boa jogada de Júnior Santos, que tocou para Segovinha. O paraguaio saiu na cara de Gabriel Leite, mas finalizou em cima do goleiro adversário.

O time do Botafogo só foi melhorar e voltar a criar mais chances com as entradas dos titulares Jeffinho e Eduardo. E foi justamente com o camisa 47 que o Glorioso conseguiu chegar com perigo e ampliar o placar. Primeiro, aos 34′, o atacante fez jogada individual pela esquerda, cortou para o meio e finalizou colocado, para boa defesa de Gabriel Leite. Depois, no fim do jogo, aos 49′, Eduardo lançou para Jeffinho, que saiu na frente da defesa e, dessa vez, finalizou sem chances para o goleiro adversário, fazendo 2 a 0 e fechando o placar para o Botafogo.

Jogadores do Botafogo são vaiados no Nilton Santos

Mesmo com a boa participação no lance do gol de Júnior Santos e outras boas jogadas pelo lado esquerdo do ataque, o lateral Marçal foi muito vaiado pela torcida do Botafogo. Ex-capitão do time, o jogador ficou marcado pelo fracasso do time no último Campeonato Brasileiro.

Além de Marçal, Marlon Freitas também foi vaiado, repetindo o que aconteceu na última quinta-feira. O volante entrou no jogo durante o segundo tempo e já no momento da substituição escutou as primeiras vaias, que se repetiram quando tocava na bola e errava alguma lance.

Próximos jogos do Botafogo

  • Boavista x Botafogo – Quarta-feira, 24 de janeiro de 2024 – 21h30 (horário de Brasília);
  • Botafogo x Sampaio Corrêa – Sábado, 27 de janeiro de 2024,- 16h (horário de Brasília);
  • Botafogo x Portuguesa – Terça-feira, 30 de janeiro de 2024 – 21h30 (horário de Brasília);
Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo