Brasil

Em semana decisiva na Libertadores, Botafogo completa dois anos de SAF sob o comando de Textor

Com claros avanços esportivos e financeiros, mas com polêmicas fora de campo, o Botafogo celebrou os dois anos da assinatura do contrato da venda da SAF para John Textor

O Botafogo entrou na semana decisiva por uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores em meio a polêmicas envolvendo John Textor, mas comemorando uma data marcante. Nesta segunda-feira (11), o clube completou dois anos da transformação em SAF e da concretização da transferência de 90% das ações para John Textor, que passou a ser dono do futebol alvinegro. Naquele momento, o empresário americano já tomava as decisões nos bastidores, mas foi só em 11 de março de 2022 que o contrato foi assinado. E, desde então, muita coisa mudou no Botafogo.

Naquele momento, o Botafogo voltava da Série B, disputada em 2021, mas ainda vivia uma grave crise financeira, com uma dívida que chegava perto do R$ 1 bilhão. Textor comprou 90% das ações da SAF do clube com a promessa de investir R$ 400 milhões. Apenas na primeira temporada, o Botafogo conseguiu reduzir R$ 70 milhões da sua dívida. Nesse sentido, recentemente o clube teve uma vitória ainda maior. O Botafogo conseguiu a aprovação de um plano de recuperação extrajudicial para quitar dívidas cíveis que se arrastavam há décadas e chegavam a R$ 400 milhões.

Além de ajudar a equacionar as dívidas, o investimento no futebol cresceu significativamente. Apenas em contratações de jogadores, sem contar com salários, luvas, pagamentos para funcionários e dia a dia do futebol, o Botafogo investiu R$ 260 milhões. A última janela de transferências, o Botafogo fez uma das maiores contratações da história do futebol brasileiro. O clube contratou o atacante Luiz Henrique, do Real Betis, da Espanha, por um valor que pode chegar a R$ 106,6 milhões, a depender de bônus contratuais.

E esse maior investimento no futebol, é claro, já vem dando resultado desde a última temporada. Apesar do fracasso na reta final do Campeonato Brasileiro, depois de liderar a competição por cerca de 30 rodadas, o Botafogo conseguiu, ao menos, voltar para a Copa Libertadores depois de sete anos. O clube ainda briga por uma vaga na fase de grupos, mas, para as estatísticas, o Glorioso já voltou a disputar a Libertadores.

Textor prevê receita recorde no Botafogo

Para 2024, a Eagle Football Holdings, empresa do norte-americano John Textor responsável por comandar a sua rede de clubes, o Botafogo deve ter a maior receita da sua história: US$ 97 milhões (R$ 482 milhões, na cotação atual). Isso representa um aumento de 24% da receita de 2023 para 2024. Na última temporada, o Botafogo arrecadou 78 milhões de dólares (R$ 387,79 milhões, na cotação atual).

Já em comparação com 2022, primeiro ano da SAF alvinegra, a receita projetada da atual temporada é quatro vezes maior. Em 2022, foram 24 milhões de dólares (R$ 119,32 milhões). A empresa ainda projeta uma redução de 20% da atual dívida do clube até o fim do ano.

Botafogo celebra dois anos de SAF

Em uma publicação nas redes sociais, o Botafogo comemorou a data deste 11 de março. E o clube elencou alguns dos principais avanços que o Glorioso teve nestes últimos dois anos.

Em busca da excelência dentro e fora de campo diariamente, tivemos um ciclo de avanços em todas as áreas do Clube. Nosso caminho para colocar o Botafogo no lugar mais alto continua sendo percorrido com muita garra e, apesar dos percalços, temos na torcida mais apaixonada do mundo e na determinação de cada funcionário nossos grandes combustíveis para seguir em frente”, diz um trecho da nota do Botafogo.

Confira as melhorias apontadas pelo Botafogo

  • Retorno a Copa Libertadores;
  • Maior média de público do Nilton Santos;
  • Aumento no número de sócios;
  • Retorno do futebol feminino à elite do futebol brasileiro;
  • Contratação mais cara do futebol brasileiro;
  • Reforma do gramado do Nilton Santos;
  • Melhorias na infraestrutura do Nilton Santos (reformas da sala de imprensa, novas áreas “premium” e novos restaurantes, novo estúdio da Botafogo TV);
  • Mais shows no Nilton Santos;
  • Inauguração da Botafogo Store (com lojas em General Severiano e Barra Sopping);
  • Parceria com a Reebok para novo uniforme;
  • Novos acordos comerciais com patrocinadores;
Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo