Brasil

Sem rumo, Botafogo anuncia demissão de Tiago Nunes em meio a disputa da segunda fase da Libertadores

Um dia depois do frustrante empate com o Aurora, na estreia pela Copa Libertadores, o Botafogo anunciou a demissão do técnico Tiago Nunes, que havia sido contratado para projeto de longo prazo

O Botafogo mais uma vez optou pela troca de treinador em meio a um momento importante para o clube. Nesta quinta-feira (22), depois do frustrante empate com o Aurora, da Bolívia, no de ida das segunda fase da Copa Libertadores, o Glorioso anunciou a demissão do técnico Tiago Nunes, que havia sido contratado com o discurso de um “projeto de longo prazo”. De acordo com a nota divulgada pelo Botafogo, a decisão foi tomada em “reunião das lideranças do clube”. Agora, John Textor e o diretor de futebol André Mazzuco já iniciaram a busca por um novo profissional.

Tiago Nunes foi demitido depois de um começo de temporada ruim, com o time correndo o risco de ficar fora das semifinais do Campeonato Carioca e depois deu um fraca atuação contra o modesto Aurora, da Bolívia, na estreia pela Copa Libertadores. Na última quarta-feira, o Glorioso saiu na frente do time boliviano, mas, mais uma vez, acabou cedendo o empate no último lance da partida e deixou o confronto em aberto para o jogo de volta, no Nilton Santos, na próxima semana.

Além disso, a semana do Botafogo também ficou marcada por uma polêmica gerada pelo próprio técnico Tiago Nunes. Depois da derrota para o Vasco, no último domingo – quando, mais uma vez, o time saiu na frente e acabou levando a virada -, o treinador expôs a situação de alguns jogadores do elenco. De acordo com o técnico, muitos jogadores estavam “pedindo para ter uma sequência fora da equipe” devido a pressão emocional do fracasso no último Campeonato Brasileiro.

A declaração não caiu bem internamente e nem com a torcida. Assim, no dia seguinte, Tiago Nunes publicou um vídeo nas suas redes sociais tentando se retratar sobre o assunto. Ele disso que “os jogadores não pediram para sair””, elogiou o elenco e criticou a divulgação de “recortes” da coletiva, indicando que as falas teriam sido tiradas de contexto.

Tiago Nunes foi contratado pelo Botafogo na reta final do Campeonato Brasileiro de 2023. No total, o treinador comandou o Botafogo em 15 partidas, com quatro vitórias, sete empates e quatro derrotas. Um aproveitamento de 42,2%.

Enquanto a direção do Botafogo procura um novo treinador, o auxiliar técnico permanente do clube, Fabio Mathias, vai comandar o time profissional. No próximo sábado, o Glorioso enfrenta o Audax, no Nilton Santos, pela 10ª rodada da Taça Guanabara.

Tiago Nunes foi contratado com discurso de ‘longo prazo’

Contratado faltando os últimos cinco jogos do Botafogo no Campeonato Brasileiro de 2023, Tiago Nunes chegou o clube para  um projeto de longo prazo. Não à toa, o treinador tinha contrato válido até o fim de 2025. A experiência do técnico no Athletico-PR serviu como base para a aposta no nome de Tiago Nunes para este projeto da diretoria da SAF do Botafogo. A ideia era ainda tentar salvar o título do Brasileirão, mas, principalmente, trabalhar um projeto de longo prazo para o futuro do clube.

No entanto, pouco mais de três meses depois, este projeto já parece ter sido deixado de lado pelas convicções – ou falta delas – de John Textor, que comanda a SAF alvinegra.

Último ato de Tiago Nunes foi provocação infantil

Além do frustrante empate com o Aurora, o último jogo de Tiago Nunes pelo Botafogo também ficará marcado por uma expulsão infantil. Durante o segundo tempo da partida da última quarta-feira, o treinador se desentendeu com o técnico Mauricio Soria, que estava reclamando da arbitragem. Tiago Nunes, então, fez um gesto de “choro” para o treinador adversário. A discussão ficou mais acalorada e os dois acabaram expulsos da partida na reta final do jogo.

Números de Tiago Nunes no Botafogo

  • Jogos: 15
  • Vitórias 4
  • Empates: 7
  • Derrotas: 4
  • Gols marcados: 19
  • Gols sofridos: 17
  • Aproveitamento: 42,2%

Confira a nota do Botafogo

O Botafogo informa que Tiago Nunes não é mais o técnico da equipe profissional. Em reunião das lideranças da Clube na manhã desta quinta-feira (22), foi decidido o término do vínculo com o treinador. John Textor e o Departamento de Futebol estão no mercado em busca de um novo comandante para liderar a equipe nos desafios da temporada.

O Botafogo agradece Tiago Nunes e sua comissão técnica pelos serviços prestados e deseja sucesso nos próximos desafios. Apesar da dedicação e trabalho realizado no dia a dia, os resultados apresentados não foram esperados.

O auxiliar-técnico permanente do Botafogo, Fabio Mathias, assume interinamente e inicia as suas atividades no posto no treino desta sexta-feira. Mathias estará na beira do campo na partida contra o Audax Rio, no Nilton Santos, válida pela 10ª rodada do Campeonato Carioca.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo