Brasil

Bilionário apaixonado pelo Atlético-MG fará aporte de R$ 200 milhões e terá mais de 20% da SAF do clube

Daniel Vorcaro, empresário mineiro e atleticano, já tinha percentual da SAF do clube, mas aportará mais dinheiro por mais porcentagem

Desde novembro de 2023 o Atlético-MG é oficialmente uma SAF. No anúncio de quem estaria por trás do clube estavam os já conhecidos 4Rs (Rubens e Rafael Menin, Ricardo Guimarães e Renato Salvador), mas também outros fundos de investimentos. Um desses fundos é administrado por Daniel Vorcaro, empresário que agora investirá mais R$ 200 milhões no clube em troca de ficar com maior porcentagem da SAF. Mas afinal de contas, quem é ele?

O novo aporte de Vorcaro será debatido (e muito provavelmente aprovado) no dia 26 de fevereiro, na reunião do conselho deliberativo do Atlético, convocada na última semana através de edital pelo presidente Ricardo Guimarães, que também tem porcentagem na SAF. Como cita um trecho do edital, o aporte será feito pelo fundo de investimentos de Daniel Vorcaro, mas não afetará o percentual da associação (25%), como prometido pelos proprietários.

“2. Aprovação do Aumento de Capital na sociedade Atlético Mineiro S.A.F., no valor de R$ 200.000.000,00 (duzentos milhões de reais), a ser aportado integralmente pelo Galo Forte Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia, sem a diluição da participação acionária detida pelo Clube Atlético Mineiro na referida sociedade;”

O Galo Forte Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia (ou apenas FIP Galo Forte) já tinha 10,91% da SAF do Atlético por ter feito um aporte de R$ 100 milhões na implementação da SAF. Agora, com mais R$ 200 milhões, ele passará a ter mais de 20%, segundo informou a Itatiaia. Dentro dos 75% que a Galo Holding possui da SAF, a composição após a aprovação do aporte de Vorcaro, ficará da seguinte forma:

  • Rubens e Rafael Menin: de 50,9% para 41,8%
  • Ricardo Guimarães: de 7,7% para 6,3%
  • FIP Galo Forte (Vorcaro): 8,2% para 20,2%
  • FIGA (fundo de investimentos aberto): 6,7%
  • Associação: 25%

Mas quem é Daniel Vorcaro?

Aos 40 anos, o mineiro Daniel Vorcaro é CEO e sócio-majoritário do Banco Master, antigo Banco Máxima, que ele ajudou a não deixar quebrar, fazendo importantes aportes, e hoje o administra tendo reformulado por completo, incluindo o nome.

Daniel também é dono do Hotel Fasano Itaim, um dos mais luxuosos de São Paulo, e da Sozo Real Estate, em Miami, empresa que ele tem com o pai, Henrique Vorcaro, fundador do grupo imobiliário Multipar. Em seu linkedin, ele ainda se apresenta como co-fundador do Zion Capital, que ajuda em investimentos e aplicações financeiras.

Em 2023, Vorcaro chamou muita atenção da mídia e do público em geral por organizar uma festa de 15 anos para a filha no valor R$ 15 milhões. No Atlético, além da participação na SAF (que vai aumentar), ele também negociou para comprar (através do Banco Master) o naming rights da Cidade do Galo, mas esse debate não avançou.

Outros assuntos debatidos na reunião do Atlético

Além da aprovação do novo aporte e a mudança de percentual dentro da Galo Holding, o conselho deliberativo do Atlético também terá outras pautas para debater, como consta no edital. Entre essas pautas estão as propostas e estratégias desenvolvidas para exploração e ativação da Arena MRV, buscando maximizar seu potencial de lucro, além da atualização sobre como andam as negociações da Libra, grupo de clubes que o Alvinegro faz parte e que busca um controle do futebol brasileiro através de uma liga, mas esbarra em não concordar com outro grupo de clubes, a LFF, da qual o Galo inclusive fazia parte, mas mudou de lado.

Edital de convocação do conselho deliberativo do Atlético para 26 de fevereiro (Reprodução)
Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo