Brasil

Diniz, produtividade e corte salarial: os bastidores do acerto de Douglas Costa com o Fluminense

Douglas Costa tinha acordo com clube turco, mas após ligação de Fernando Diniz, decidiu seguir o desejo de voltar ao Brasil e jogará no Fluminense em 2024

Douglas Costa estava com tudo acertado para jogar no Samsunspor, da Turquia. Já tinha dado o ok para seus agentes e o clube turco. Até que seu telefone tocou. Do outro lado da linha era Fernando Diniz, que pedira o telefone a um amigo em comum. Quando a ligação acabou, seu destino já estava decidido, embora não tenha dito de primeira: jogaria no Fluminense em 2024.

Antes da ligação de Diniz, Douglas já tinha recebido uma mensagem de Fred, hoje diretor de planejamento do Tricolor. Com o aval do presidente Mário Bittencourt e do diretor de futebol Paulo Angioni, o eterno camisa 9 fez o primeiro contato com o ponta, que estava livre no mercado após deixar o Los Angeles Galaxy (EUA).

Na costa oeste dos Estados Unidos, com a camisa 10 às costas, ele ficou próximo de Calegari, revelação do Flu que estava no clube da MLS por empréstimo. Antes mesmo dos contatos de Fred e Diniz, o jovem tratou de dar as melhores referências do meia-atacante à diretoria.

Os tricolores sabiam que a ligação poderia ser breve. A informação do acerto de Douglas com o futebol turco já chegara aos corredores do CT Carlos Castilho, mas a cúpula de futebol decidiu tentar. E logrou êxito.

De acordo com informação primeiro publicada pelo ge e confirmada pela Trivela, Douglas Costa será jogador do Fluminense em 2024 após passar por exames médicos. Uma surpresa para muitos — e uma obviedade para outros.

Ligação de Diniz causa reviravolta e Douglas Costa diz ‘sim' ao Fluminense

Assim que atendeu o telefone e soube que Fernando Diniz estava do outro lado da linha, de acordo com pessoas ouvidas pela Trivela, Douglas Costa abriu um sorriso. O jogador de 33 anos ficou muito feliz com as palavras que ouviu do treinador.

Ao novo técnico, Douglas disse que queria retornar ao Brasil e estava indo para a Turquia porque nenhum projeto havia lhe seduzido por aqui. O Corinthians acenou com um contrato até maior, mas a fama de mau pagador do clube paulista fez o ponta ficar receoso. O Samsunspor oferecia mais do que o dobro de um bom salário no Brasil, e já que não havia uma opção esportivamente melhor, o atacante preferiu o lado financeiro.

Quando ouviu que o Fluminense tinha interesse em sua contratação, Douglas se empolgou. Mas sabia que seria difícil voltar atrás do negócioccom os turcos. Ao desligar o telefone, em sequência falou com seu empresário, Junior Mendonza. O agente disse que daria um jeito se a vontade do Tricolor fosse real. Enquanto ele falava no telefone, chegou o contato oficial do Flu com uma proposta.

A reviravolta já estava desenhada. O acordo verbal com o Samsunspor, onde era esperado nessa segunda, foi desfeito. Douglas Costa chega ainda esta semana, mas no Rio de Janeiro, onde fará exames médicos para assinar um contrato de um ano e meio com o Fluminense.

Douglas Costa aceita abaixar salário e contrato de produtividade no Fluminense

Aos 33 anos, Douglas Costa sofreu muito com lesões durante a sua carreira. As contusões impediram o jogador de brilhar ainda mais por Bayern de Munique e Juventus, gigantes do futebol europeu em que atuou, e até de um papel maior pela Seleção. Desde o Shakhtar Donetsk, seu primeiro clube na Europa, que o ponta convive com problemas físicos.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por DC10 (@douglascosta)

Quando voltou ao Grêmio, clube de seu coração e por onde jogou nas divisões de base, o jogador também teve problemas extracampo. Lembrado por marcar a data do casamento no dia de um jogo importante, ele quer também mudar sua imagem no futebol brasileiro. Isso serviu de motivação para aceitar um vínculo de produtividade, com metas por jogos disputados e uma renovação que depende do gatilho no contrato.

O salário também sofreu um corte para se adequar à realidade do Flu. Na verdade, são os vencimentos mais baixos desde que saiu do Grêmio em 2010. A disposição foi uma prova a Fernando Diniz e Fred de sua vontade em jogar no Fluminense. Douglas nem sequer discutiu números após os valores apresentados pelo Tricolor.

O que o Fluminense espera de Douglas Costa

O time titular que conquistou a Libertadores em 2023 está praticamente intacto, e o Fluminense encorpou seu elenco. Douglas Costa não terá no clube o peso de ser titular, e disputará vaga do meio para a frente com Ganso, Renato Augusto, Terans, Arias, Keno e John Kennedy.

As opções no elenco fazem com que a necessidade de disputar todos os jogos no pesado calendário brasileiro não existam. O Flu confia que, motivado e bem fisicamente, Douglas possa até virar titular, mas por ora, tem contrato e expectativa de “reserva de luxo”. Mas ninguém no clube duvida que o jogador tenha bola para ganhar uma vaga no onze inicial.

Por tudo isso, Douglas Costa é visto como uma oportunidade de mercado no Fluminense.

Sempre citado como uma referência na profissão, o fisioterapeuta Nilton Petrone também é peça importante dessa e outras apostas do Fluminense no mercado. Com Filé no comando do setor e um planejamento específico para os veteranos como Douglas Costa, o Tricolor espera tirar o melhor do ponta de 33 anos. A idade não é uma preocupação no CT Carlos Castilho.

Foto de Caio Blois

Caio BloisSetorista

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo