Brasil

Alexandre Pato e filha de Berlusconi em São Januário no Dia dos Namorados é um mito! Entenda

Em 2011, o então badalado Alexandre Pato levou Barbara Berlusconi para assistir uma partida entre Vasco e Figueirense, mas data do ocorrido confunde torcedores

Ano após ano, no Dia dos Namorados, fotos de Alexandre Pato acompanhando de sua então namorada, Barbara Berlusconi, em São Januário, são recuperadas por perfis em redes sociais e grupos virtuais de torcedores – principalmente os vascaínos.

A memória do “date perfeito” no Dia dos Namorado (comemorado no Brasil no dia 12 de junho), é fruto de um delírio coletivo, chamado informalmente de “Efeito Mandela”.

Um exemplo clássico é a crença de que o plantão da TV Globo sobre o atendado às Torres Gêmeas em 11 de setembro de 2001 interrompeu a exibição de um episódio de Dragon Ball Z – o que não é verdade.

Alexandre Pato não levou Berlusconi em São Januário no Dia dos Namorados… Mas quase!

Em junho de 2011, Alexandre Pato vivia talvez o seu último grande momento no futebol europeu. Em alta no Milan e convocado para a seleção brasileira, o atacante também era notícia pelo seu namoro com Barbara Berlusconi, filha do então todo-poderoso Silvio Berluscoli, ex-primeiro ministro da Itália e então presidente do clube italiano aonde o brasileiro atuava.

Mas, após uma boa temporada em 2010/11 na Itália, o atacante escolheu um lugar inusitado para passar a véspera do Dia dos Namorados daquele ano – sim, a véspera, e não o próprio dia 12 de junho, como parte do imaginário popular costuma lembrar.

De férias no Brasil, Alexandre Pato passou a noite do dia 11 de junho de 2011 em São Januário, na Zona Norte do Rio de Janeiro, ao lado de Barbara Berlusconi, para acompanhar a partida entre Vasco e Figueirense, pelo Campeonato Brasileiro. Sem muita conversa com a imprensa, Pato se limitou a dizer que foi ao estádio para “ver o jogo”.

O casal assistiu a partida, que terminou empatada em 1 a 1, no camarote do então diretor executivo de futebol do Vasco, Rodrigo Caetano. No entanto, Pato e Barbara não viram o segundo gol da partida. O casal deixou o camarote aos 38′ do segundo tempo, quando o Vasco vencia por 1 a 0, com gol de Elton. O Figueirense empatou aos 44′, com Aloísio.

Poucos dias depois daquela noite de sábado, Alexandre Pato se apresentaria na seleção brasileira para a disputa da Copa América, na Argentina. Na sua primeira coletiva durante a a preparação para a competição, o atacante voltou a ser perguntado sobre aquela noite em São Januário.

– Eu sou do meio do futebol. Tenho amigos no Vasco e fui ver o jogo – disse Alexandre Pato na época.

Pato e Barbara viram volta de Juninho ao Vasco

Apesar do jogo entre Vasco e Figueirense não ter sido muito animado, Pato e a namorada viram uma grande festa em São Januário. Afinal, aquela noite marcou o primeiro jogo do Cruz-Maltino depois do título da Copa do Brasil, conquistado dias antes contra o Coritiba, no Couto Pereira.

Além disso, o então recém-contratado Juninho Pernambucano também marcou presença em São Januário. O ídolo foi “apresentado” para a torcida antes do jogo, com direito a foguetório e muita festa nas arquibancadas.

Por onde anda Alexandre Pato?

Depois daquele bom momento vivido no Milan, a carreira de Pato não foi mais a mesma. O atacante até teve bons momentos por Corinthians e São Paulo, além de um inesperado empréstimo para o Chelsea. Ele também passou pelo futebol espanhol, chinês e dos Estados Unidos.

O último clube de Alexandre Pato foi o São Paulo, em 2023. Foi mais uma passagem frustrante e apagada. Foram apenas dez jogos com a camisa tricolor, sendo apenas um como titular, e dois gols marcados. O atacante está sem clube desde a virada do ano para 2024.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel RodriguesSetorista

Jornalista formado pela UFF e com passagens, como repórter e editor, pelo LANCE!, Esporte News Mundo e Jogada10. Já trabalhou na cobertura de duas finais de Libertadores in loco. Na Trivela, é setorista do Vasco e do Botafogo.
Botão Voltar ao topo