Ásia/OceaniaCopa do MundoEliminatórias da Copa

[Vídeo] Sinta a vibração das arquibancadas na volta para casa da seleção palestina

O Estádio Faisal Al-Husseini possui capacidade para apenas 12,5 mil espectadores. O principal palco do futebol palestino está localizado em pleno coração da Cisjordânia, nas proximidades de Ramallah (a cidade que sedia a Autoridade Nacional Palestina) e a poucos quilômetros da fronteira que divide Jerusalém com os israelenses. Para nesta terça-feira, enfim, abrigar a paixão dos palestinos pela bola, com a realização do primeiro jogo oficial da seleção em seu próprio território desde 2011. O empate sem gols contra os Emirados Árabes Unidos não ajudou tanto as pretensões da equipe nas Eliminatórias da Copa de 2018. Apenas um pequeno detalhe, diante da enorme oportunidade: a chance de torcer pelo próprio país.

Como era de se esperar, as arquibancadas estiveram abarrotadas para o jogo raro na Palestina, com uma torcida empolgadíssima. O estádio foi tomado por camisas vermelhas, bandeiras do país e outros adereços nacionalistas. O barulho da corneta soou forte durante boa parte dos 90 minutos. Assim como as palmas e os gritos que, de certa forma, também representam a luta pela própria soberania, em meio às guerras que se estendem há décadas. Festa que, no entanto, não garantiu os esperados três pontos sobre os emiratenses.

No vídeo abaixo, é possível sentir um pouco dessa vibração. Os sons e as cores que tomaram o Estádio Faisal Al-Husseini – e até mesmo os prédios próximos, também ocupados pelos torcedores na tentativa de ver um pouco de futebol. Certamente, os palestinos mais fanáticos pela seleção sentiam falta disso:

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo