América do SulLibertadores

Santos, preguiçoso, vence The Strongest no final

 

Estreando o terceiro uniforme, azul, o Santos começou o jogo contra o The Strongest e forma preguiçosa. Conseguiu a vitória por 2 a 0, mas só depois dos 40 minutos do segundo tempo, depois de forçar um pouco o time boliviano.

No primeiro tempo, o time criava pouco, o time boliviano também não ajudava e o jogo era daqueles de fazer torcedor bocejar.

Só nos 15 minutos finais que o Santos resolveu jogar. E foi por pouco que não abriu o placar. Primeiro, Borges teve uma grande chance dentro da área e chutou no travessão. Em cobranças de falta de Elano, Borges, novamente, e Edu Dracena, em toques de cabeça, levaram muito perigo à meta dos bolivianos. O jogo, porém, foi para o intervalo empatado em 0 a 0.

No segundo tempo, o Santos perdeu um gol feito. Neymar, na cara do gol, quis dar uma cavadinha, mas perdeu. O jogo seguia empatado por 0 a 0. E sem criatividade e com muita preguiça, o jogo parecia fadado ao empate. Até que veio o gol. Alan Kardec, que entrou no segundo tempo, colocou a bola na rede aos 40 minutos, depois de um cruzamento de Neymar. O próprio camisa 11 santista ainda marcaria mais um antes do apagar das luzes e fecharia o placar em 2 a 0.

O adversário do time depende do jogo entre Universidad de Chile e Atléticio Nacional.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo