Futebol femininoLibertadores

Um canudo de fora da área abriu o caminho à segunda vitória do Corinthians na Libertadores Feminina

Interrompida por causa da crise política no Equador, a Copa Libertadores Feminina segue em frente após o acordo do governo local com os manifestantes. E o Corinthians conquistou sua segunda vitória na competição continental nesta quinta. As alvinegras bateram o América de Cali por 3 a 1 no Estácio Olímpico Atahualpa e se aproximaram das quartas de final. O destaque ficou ao golaço de Victoria Albuquerque, que pegou na veia e acertou um baita chute de fora da área, no ângulo da meta colombiana.

A pintura de Victoria serviu para abrir o placar. Era um lance brigado na entrada da área, mas a corintiana fez mágica com a sobra. Acertou um petardo de primeira, que não permitiu à goleira sequer se mexer. O América até chegou ao empate, num pênalti bem cobrado por Catalina Usme. Já no segundo tempo, Millene resolveu para as brasileiras, ao anotar dois gols em lances de muito oportunismo.

O Corinthians lidera o Grupo C da Libertadores Feminina, com seis pontos, e não deve ter problemas para avançar às quartas de final. A Ferroviária, que também representa o Brasil no torneio continental, já está classificada no Grupo B. Na última terça, a Guerreiras Grenás bateram o Estudiantes de Caracas por 4 a 1. Nathane (duas vezes), Aline Milene e Luana Sartório fizeram os gols.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo