Libertadores

Mesmo disponível, James não viaja com São Paulo, de novo, por opção de Zubeldía

Pela segunda vez seguida, técnico Luis Zubeldía decide não incluir James Rodríguez entre relacionados em partida do São Paulo

Em jogo decisivo pela Copa Libertadores, o São Paulo viaja até o Chile, onde jogará nesta quarta-feira (7), no Estádio Zorros del Desierto, contra o Cobresal. Segundo colocado no grupo B, o Tricolor precisa vencer e contar com um tropeço do Talleres para ser líder da chave a duas rodadas do fim. E mesmo nesse cenário complexo, o técnico argentino Luis Zubeldía entende que James Rodríguez não é importante. Conforme publicou o ge, o meia nem viajou com o elenco e acumulará o segundo jogo seguido sem ao menos ser relacionado, mesmo tendo condições físicas.

A situação é a mesma do último domingo (5), quando o São Paulo bateu o Vitória por 3 a 1 no Barradão pelo Campeonato Brasileiro. James já estava recuperado de uma lesão muscular, mas Zubeldía optou por não levar o jogador para Salvador e explicou na entrevista coletiva que entende que outros colegas do colombiano deveriam estar.

— Eu tomo decisões em relação ao que vejo e para isso estou aqui, para tomar decisões. Se não está o James, é porque considero que tem que estar outros companheiros. (…) Tenho clara qual é a minha profissão e tenho clara qual é a minha responsabilidade. Um treinador vive tomando decisões, e tratamos junto com o meu estafe que essas decisões sempre sejam em favor do grupo e que sejam, em sua maioria, positivas. O treinador vai ser julgado pelo resultado final, não é? Mas há algo que eu aprendi em 15 anos de profissão, que sempre as decisões vão estar em função do que vejo e em função do conjunto. Então, todos estão considerados, mas ao final do dia ou antes dos jogos, tenho que tomar decisões — disse Zubeldía.

Parece, novamente, que a passagem do colombiano pelo clube do Morumbis está terminando. A situação atual se assemelha ao que aconteceu no início do ano, quando o jogador não viajou com o elenco para final da Supercopa do Brasil e solicitou a rescisão do contrato. James não encontrou um novo clube, pediu desculpas e solicitou o retorno. Porém, até hoje, não se firmou.

O vínculo do meia da seleção da Colômbia com o São Paulo vai até 30 de junho de 2025. Para sair, precisaria negociar uma rescisão ou encontrar alguma equipe que pagasse algum valor aos paulistas. Provavelmente, será alvo de sondagens no meio do ano, momento de abertura da janela de transferências em vários centros do futebol.

James Rodríguez não conseguiu ser importante no São Paulo

Contratado em agosto do ano passado, o colombiano desembarcou em São Paulo com o status de craque, celebrado pela torcida no aeroporto e altas expectativas. No entanto, desde o início, o que foi visto foram problemas físicos e o jogador passando pouca confiança aos técnicos que trabalharam no clube nos últimos meses.

Primeiro, Dorival Júnior foi campeão da Copa do Brasil sem nem tirar James do banco de reservas. Após o experiente treinador ir para Seleção Brasileira, Thiago Carpini assumiu em janeiro desse ano, quando era destacada como a pré-temporada poderia ser importante para James – não foi. Mesmo sob comando de um jovem comandante, o meia passou pela mesma coisa e viu o clube conquistar outro título sem a sua participação.

Zubeldía chegou, venceu três dos quatro jogos – empatou outro -, e James Rodríguez só atuou cinco minutos, no clássico contra o Palmeiras.

Meia terá Copa América no próximo mês

Apenas uma lesão tirará James Rodríguez da Copa América 2024, disputada entre junho e julho nos Estados Unidos. A preparação da Colômbia será na cidade de Barranquilla entre o fim de maio e o começo do próximo mês, segundo a imprensa local. Nesse cenário, pode ser que o meia passe a desfalcar o São Paulo nas próximas semanas e, a depender do desenrolar do mercado, nem retorne ao clube.

Antes da competição, a seleção colombiana enfrenta os EUA em amistoso no dia 8 de junho. Na sequência, já pela Copa América, enfrenta Paraguai (24/06), Costa Rica (28/06) e Brasil (2/07).

Os próximos três jogos do São Paulo

  • Cobresal-CHI x São Paulo — Libertadores — quarta-feira, 8 de maio, às 21h30 (horário de Brasília) — Transmissão: TV Globo (TV aberta) e Paramount + (streaming)
  • São Paulo x Fluminense — Brasileirão — segunda-feira, 13 de maio, às 19h (horário de Brasília) — Transmissão: Premiere (TV por assinatura)
  • São Paulo x Barcelona-EQU — Libertadores — quinta-feira, 16 de maio, às 21h (horário de Brasília) — Transmissão: ESPN (TV fechada) e Star + (streaming)
Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo