Libertadores

Adversário do Grêmio, Estudiantes se solidariza diante das enchentes em Porto Alegre

Clube argentino, que teve filial afetada por conta das chuvas na capital gaúcha, convocou sua torcida para colaborar financeiramente com o Rio Grande do Sul

A solidariedade com o Rio Grande do Sul, por conta da tragédia climática que assola o estado, transcende fronteiras, inclusive as do Brasil. Adversário do Grêmio na Libertadores, o Estudiantes convocou sua torcida a colaborar financeiramente com o povo gaúcho, por meio da Fundação Estudiantes de La Plata.

Depois da vitória gremista, por 1 a 0, no dia 23 de abril, no Estádio Jorge Luis Hirschi, em La Plata, na Argentina, Grêmio e Estudiantes voltariam a se enfrentar pela Libertadores nesta quarta-feira (15), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Porém, devido às enchentes, a Conmebol adiou a partida para dia 8 de junho, sábado, com local ainda a ser definido.

Guido Carrillo diz que, mais importante do que o jogo, é colaborar com os gaúchos

No vídeo produzido pelo Estudiantes, o artilheiro e ídolo do clube, Guido Carrillo, destaca a relevância desse próximo jogo contra o Grêmio. Mas ressalta que ajudar o povo gaúcho neste momento de dificuldade é ainda mais importante.

— Como sabem, em breve temos uma partida de vital importância, pela Copa Libertadores, contra o Grêmio. Mas mais importante é poder colaborar com nossos irmãos brasileiros, de Porto Alegre, por tudo que estão sofrendo, pelas inundações. Por isso convido todos a colocar seu grãozinho de areia, seja qual seja, para ajudá-los a seguir em frente — pede Carillo, que teve um gol anulado após entrar no segundo tempo do jogo contra o Grêmio, em La Plata.

Escola de Futebol do Estudiantes no RS foi afetada pelas enchentes

O Estudiantes conta com uma Escola de Futebol em Porto Alegre. Presidente da filial, Eduardo Marona também dá um depoimento no vídeo. Ele relata a situação caótica na capital gaúcha, e como o local onde dá aula para as crianças foi afetado.

— Aqui é um cenário de guerra. Nossa cidade está abaixo da água. Nossa filial perdeu tudo. Perdemos bolas, materiais, a quadra onde damos treinos está com água a aproximadamente 1,50m. Mas isso são bens materiais, a gente vai reconstruir. Importante agora é salvar vidas. Tem muita gente precisando de ajuda, muita gente morrendo. Estamos conseguindo comer e dormir quando dá. A minha casa, da minha família, graças a Deus está tudo bem. Mas estou nos resgates, tirando as pessoas de dentro da água. Faz três dias já. Agora é rezar para que tudo aconteça da melhor forma possível — conta Marona.

Partida entre Grêmio e Estudiantes terá caráter decisivo

A partida no Brasil terá caráter decisivo para as duas equipes, já que, com o adiamento, será a última do Grupo C da Libertadores. Antes do confronto do dia 8 de junho, o Grêmio ainda enfrenta The Strongest e Huachipato, enquanto o Estudiantes também terá pela frente a equipe chilena.

A vitória em La Plata foi a única do Grêmio até aqui na competição continental. Antes disso, o Tricolor Gaúcho havia perdido para The Strongest e Huachipato. Já o Estudiantes também perdeu para os bolivianos, na altitude de La Paz, e tem apenas um ponto a mais do que os gaúchos. Porém, vem motivado pela recente conquista da Copa da Liga Argentina.

Classificação do Grupo C da Libertadores

1º colocado: The Strongest — 7 pontos — 4 jogos

2º colocado: Huachipato — 5 pontos — 3 jogos

3º colocado: Estudiantes — 4 pontos — 4 jogos

4º colocado: Grêmio — 3 pontos — 3 jogos

Tragédia climática no Rio Grande do Sul já deixou quase 150 mortos

Os temporais que iniciaram no último dia 29 de abril no Rio Grande do Sul já deixaram 147 mortos, 127 desaparecidos e 806 feridos, conforme o último levantamento da Defesa Civil gaúcha, divulgado nesta segunda-feira (13). Há 617 mil pessoas fora de casa. Desse total, são 79,5 mil em abrigos e 538 mil desalojados (pessoas que estão nas casas de familiares ou amigos). 447 dos 497 municípios do estado registram algum tipo de transtorno.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo