Libertadores

Após turbulência, Botafogo chega embalado para tentar seguir vivo na Libertadores

Ainda sem pontuar no Grupo D da Copa Libertadores, o Botafogo enfrenta o Universitario-PER, nesta quarta, no Nilton Santos

Após duas derrotas nos dois primeiros jogos, o Botafogo de Artur Jorge agora chega embalado para a importante decisão que o clube tem pela Copa Libertadores. Vindo de duas vitórias seguidas, incluindo uma goleada sobre o Juventude, o Glorioso recebe o Universitario-PER, nesta quarta-feira (24), às 19h (horário de Brasília), pela terceira rodada do Grupo D. Ainda sem pontuar, o Botafogo precisa da vitória para não ficar em situação ainda mais delicada na Libertadores.

Lanterna do Grupo D, com duas derrotas nas duas primeiras rodadas, o Botafogo encara a partida contra o Universitario como decisão. E não poderia ser diferente. Uma derrota e até mesmo um empate nesta quarta-feira podem praticamente complicar ainda mais a disputa por uma vaga nas oitavas de final da Libertadores. Isso porque, além da situação na tabela, o time de Artur Jorge faz dois dos três últimos jogos na fase de grupos fora de casa, contra o próprio Universitario e o Junior Barranquilla-COL.

Mas, se antes havia uma certa desconfiança até mesmo sobre o início de trabalho de Artur Jorge, que perdeu para a LDU e o Cruzeiro nos seus primeiros dois jogos, agora o momento é de confiança. E não só pelas vitórias sobre os modestos Atlético-GO e Juventude, pelo Campeonato Brasileiro.

No último domingo, contra o Juventude, o time de Artur Jorge se impôs de começo ao fim e, com uma, ótima e segura atuação, conseguiu uma goleada por 5 a 1. O time mostrou a esperada intensidade e ofensividade do técnico português. Mesmo com a vantagem no placar e a decisão na Libertadores pela frente, o time não “tirou o pé” na segunda etapa e buscou a goleada, que acalmou os ânimos e ajudou a embalar o time para o duelo desta quarta-feira, além de, é claro, também empolgar a torcida para a decisão.

Artur Jorge fala em decisão contra o Universitario-PER

Após a vitória sobre o Juventude, o próprio técnico Artur Jorge admitiu o caráter decisivo da partida desta quarta-feira, contra o Universitario, que vai marcar o primeiro jogo do técnico pela Libertadores no Nilton Santos. As outras duas partidas do português no estádio foram pelo Campeonato Brasileiro.

— A vontade é de competir, ser competitivo, ganhar. A minha vontade para o próximo jogo na Libertadores aqui é exatamente essa. Não digo que esteja ansioso por isso, porque aquilo que foi ansiedade foi no primeiro jogo aqui. Estar diante de nossa torcida. Temos um jogo difícil na quarta-feira, é verdade, decisão para nós também. Vamos procurar, como sempre, poder jogar para ganhar.

Provável escalação do Botafogo contra o Universitario-PER

Para a partida contra o Universitario, o técnico Artur Jorge deve promover mudanças no time titular do Botafogo. De acordo com o ge, o português deve mexer em duas posições. Poupado no último domingo, o atacante Luiz Henrique deve voltar ao time titular. No entanto, não no lugar de Savarino, que entrou no seu lugar contra o Juventude. O venezuelano foi bem e deve ser mantido na equipe. Assim, Luiz Henrique deve entrar no lugar de Jeffinho.

Além disso, Artur Jorge também deve promover o retorno de Tchê Tchê para o meio de campo. Fora contra o Juventude, o meia deve ser titular no lugar de Danilo Barbosa. Apesar de Barbosa ter atuado bem na última rodada, Tchê Tchê foi titular com o técnico português e só deixou o time por lesão.

Assim, o Botafogo deve entrar em campo com: Gatito Fernández; Mateo Ponte, Lucas Halter, Bastos e Hugo; Tchê Tchê (Danilo Barbosa), Marlon Freitas, Luiz Henrique e Savarino; Júnior Santos e Tiquinho Soares.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo