Argentina

Treinador Antonio Mohamed pede demissão do Independiente

Embora tivesse recebido o apoio do presidente Julio Comparada, a situação de Antonio Mohamed à frente do Independiente não era das melhores após as perdas da Copa Suruga Bank e da Recopa Sul-Americana. Além disso, após a derrota em casa para o Boca Juniors, no último domingo, o técnico não resistiu à pressão e comunicou seu desligamento aos jogadores ainda no vestiário do estádio Libertadores da América.

Nesta segunda-feira, Mohamed passará pelo centro de treinamento do clube para se despedir dos jogadores e formalizar a saída. Em cinco rodadas, Mohamed é o segundo treinador que deixa o comando técnico no Apertura. Na rodada anterior, Sebastián Méndez saiu do Banfield.

Com isso, novamente o Boca Juniors é o responsável pela demissão de Mohamed. Quando este dirigiu o Colón no ano passado e o Huracán em 2007, derrotas para o “Xeneize” na Bombonera fizeram com que o treinador saísse das equipes que comandava. Em sua passagem pelo Independiente, Antonio Mohamed esteve em 51 jogos, com 16 vitórias, 19 empates e 16 derrotas. Sob o seu comando o Rojo conquistou a Copa Sul-Americana do ano passado.

O técnico mais cotado para assumir o Independiente é Américo “Tolo” Gallego. Responsável pela conquista do último título nacional do “Rojo”, no Apertura 2002, Gallego treinou o Colo-Colo até o último dia 18, quando foi demitido depois de apenas 17 jogos à frente do “Cacique”. No entanto, o treinador é visto com grandes ressalvas por parte da diretoria do clube. Somente se sabe que, para a partida contra o San Martín, na quarta-feira, quem assume o time interinamente é o técnico dos reservas Cristian Díaz.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.