Argentina

Técnico do Vélez pede demissão depois de levar cuspida em derrota

A derrota do Vélez Sarsfield, em casa, para o Unión Santa Fé, na segunda-feira, foi a última partida do treinador Omar de Felippe à frente do clube. De acordo com ele, o pedido de demissão tem menos a ver com o resultado, ou com ter sido o terceiro revés seguido, e mais com o fato de que ele levou uma cuspida durante o 2 a 0.

LEIA MAIS: Em pleno Monumental, o Boca ganhou o Superclássico e ampliou o terror do River Plate

De Felippe, 55 anos, estava no Vélez desde o ano passado. Ficou em 19º lugar no último Campeonato Argentino, com 30 clubes. Em entrevista coletiva, confirmou que, apesar do esforço da diretoria para mantê-lo no cargo, essa passagem chegou ao fim.

“É irreversível. É uma pena porque fazemos tanto para chegar a este clube e as coisas não saem como pensamos. Eu vou embora pelo que vi em campo, cuspiram em mim. Eu não estou aqui para que um estúpido cuspa em mim”, explicou.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo