Argentina

Surra histórica: Boca Juniors leva 6 a 1 do San Martín

Pouca coisa pior poderia estar acontecendo com o Boca Juniors nos últimos meses. Após nove rodadas no Torneo Final do Campeonato Argentino, a equipe não consegue convencer. Neste sábado, o ápice da má fase chegou com a goleada por 6 a 1 sofrida ante o pequeno San Martín de San Juan.

A goleada foi o pior resultado sofrido pelo Boca Juniors nos últimos dez anos, desde 7 a 2 sofrido contra o Rosario Central em 2003. Chegou perto da pior derrota da história do clube, que foi um 7 a 1 aplicado pelo Independiente em 1970. Com o resultado, o San Martín chegou aos 10 pontos, subindo para a 14ª colocação – ultrapassando, inclusive, os xeneizes, que amargam a 18ª posição, com apenas 8 pontos.

Enquanto o Boca de Carlos Bianchi poupava Juan Román Riquelme para a partida deste meio de semana contra o Toluca, válida pela Copa Libertadores, o San Martín ia com time completo. E o nome do jogo foi o colombiano Humberto Osorio, autor de três gols. Logo aos 2 minutos, ele marcou o primeiro da partida. Aos 20, Jorge Luna ampliou para os donos da casa e, aos 38, Santiago Silva, cobrando pênalti, ensaiou a reação boquense. Porém, a partir dali, o San Martín, comandado por Osorio, deu o tom do jogo.

Aos 40 minutos, o defensor Lucas Landa marcou, de cabeça, completando cobrança de falta, o terceiro gol do jogo. Já no primeiro minuto de acréscimos na primeira etapa, Osorio voltou a aparecer e, também com uma testada, marcou o quarto gol dos verdinegros. Na segunda etapa, praticamente sem ser importunado, Osorio entrou na área e bateu no canto de Óscar Ustari, para marcar o quinto gol, e Sebastián Penco fechou a conta, aos 15 minutos.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo