Argentina

Por ‘missão Libertadores’, River Plate acerta com jovem promessa da Inter de Milão

Mirando a decisão continental em Buenos Aires, gigante argentino mapeia o mercado e reforça o elenco

O River Plate tem um sonho na atual temporada e promete fazer de tudo para realizá-lo. Desde que a Conmbeol anunciou Buenos Aires como sede da final da Copa Libertadores 2024, os Millonarios passaram a idealizar o momento.

A entidade ainda não bateu o martelo sobre o estádio que receberá a decisão, mas a tendência é que o Monumental de Núñez, casa do River Plate, seja o escolhido.

A expectativa é grande, e o gigante argentino vem se preparando nos bastidores para alcançar tal objetivo. Dito isso, com intuito de reforçar o seu já qualificado plantel, o River acertou o empréstimo de Franco Carboni, lateral-esquerdo que pertence à Internazionale.

Segundo Fabrizio Romano, jornalista especializado em mercado de transferências do futebol, o empréstimo de Carboni ao River será de um ano, com o clube argentino tendo opção de compra na casa dos 5 milhões de euros (R$ 29,4 milhões).

Vale destacar que a Inter incluiu cláusula de recompra pouco acima de 10 milhões de euros (R$ 59 milhões), e o lateral assinará novo contrato com os italianos antes do empréstimo. 

Quem é Franco Carboni?

Nascido em Buenos Aires, Franco Carboni deu os primeiros passos da carreira nas categorias de base do Lanús. Aos 16 anos, ele foi forçado a deixar sua terra natal, quando seu pai aceitou o cargo de coordenador de jovens do Catania.

Ao desembarcarem na Itália, Franco e seu irmão mais novo, Valentín, foram matriculados na academia do Catania. Porém, após cinco meses, clubes de maior expressão espalhados pela Europa começaram a notar o talento do jovem lateral.

Liverpool e Juventus demonstraram interesse, mas foi a Internazionale que venceu a corrida pela contratação de Franco. O clube de Milão também acertou a transferência de Valentin para se juntar ao irmão.

Franco se tornou um dos pilares do time Primavera (Sub-19) da Inter, e chamou a atenção de Antonio Conte (ex-técnico da Inter) e Simone Inzaghi. O jovem lateral chegou a ser relacionado para algumas partidas do time principal, mas nunca entrou em campo.

Em julho de 2022, Carboni foi emprestado ao Cagliari e jogou o restante da Serie B pela equipe. No ano seguinte, retornou à Inter, que o cedeu por empréstimo ao Monza até o final da temporada.

O Ternana, da 2ª divisão italiana, foi o último clube do lateral argentino. Por lá, disputou 21 jogos e marcou um gol na temporada 2023/24.

Franco Carboni em ação pelo Monza
Franco Carboni em ação pelo Monza (Foto: Icon Sport)

Carboni rejeitou a Itália e optou por defender a seleção argentina

Franco Carboni é elegível para representar tanto a seleção italiana quanto argentina. O lateral chegou a defender o time sub-18 da Azzurra em 2021, contudo, mudou de lado ao receber um convite da atual campeã mundial.

— Eu sabia que a seleção estava me seguindo aqui na Inter. Quando a ligação veio, me deu imenso orgulho e emoção. Foi uma experiência muito bonita. Agradeço à Itália pela oportunidade que me deram em alguns amistosos juvenis. Foram experiências muito importantes para mim. Mas quando chegou a convocação da Argentina, não tive dúvidas. É o meu país e era meu sonho jogar pela seleção — disse o jovem em entrevista à Goal.

Em março de 2023, Carboni foi convocado por Lionel Scaloni para jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo 2026, e realizou o sonho de treinar com Messi.

— Treinar com Messi? Realizei meu sonho. Foi algo que sonhei desde criança e que vivi naquele momento. Treinei com ele, posse de bola, mas também comendo na mesa com ele. São coisas incríveis e sensações difíceis de explicar.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Jornalista pela UNESA, nascido e criado no Rio de Janeiro. Cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na Trivela, é redator e escreve sobre futebol brasileiro e internacional.
Botão Voltar ao topo