Argentina

River Plate cai no Gigante

A partida entre Rosario Central e River, realizada neste domingo no Gigante de Arroyito, merece vários comentários. Não só pelo que aconteceu em campo, mas, também, pelo que representou para o Clausura.

Os Millonarios perderam por 2 x 1, de virada. Buonanotte, aniversariante do sábado (20 anos), foi o autor do gol dos visitantes. Este foi o primeiro jogo em que o River foi derrotado no torneio e o segundo em que sofreu gol – antes, havia sofrido dois do San Martín. Vale lembrar que já foram disputadas 11 rodadas. Nas cinco anteriores, o River havia obtido 100% de aproveitamento.

Desde os 29 minutos da etapa final, o River teve a vantagem de atuar contra dez homens, devido à expulsão do volante Borzani. Mas não adiantou. Era dia do Central. Mesmo com esse resultado, o River continua na liderança. Entretanto, agora tem a companhia do Estudiantes, que empatou com o Tigre por 1 x 1 e ganhou os pontos daquele jogo tumultuado contra o Racing. Cada time tem 24 pontos.

Já para o Central, o triunfo teve um excelente significado: os Canallas escaparam da zona de repescagem no ranking do rebaixamento. Após a vitória, o presidente do clube, Horacio Usandizaga, demonstrou que está bastante animado com a equipe: “Repito: tenho a plena segurança de que o Central não vai para a série B porque há plantel para tirá-lo do fundo”.

Empolgado com o triunfo, o Central vai ter mais um obstáculo difícil na 12ª. rodada. Trata-se do já citado Estudiantes. O duelo irá ocorrer em La Plata. Atualmente, o Central vive uma seqüência de jogos bastante complicada. Antes de enfrentar o River, havia tido pela frente o San Lorenzo e o Newell´s, que estão hoje na quarta colocação, com 18 pontos, ao lado do Vélez. O Central foi derrotado nas duas ocasiões. Falando em San Lorenzo e Vélez, ambos se encontrarão nesta quarta-feira, em partida válida pela sexta rodada. O palco será o estádio Pedro Bidegain, do Ciclón.

O que mais doeu para o atacante colombiano Radamel Falcao, do River, não foi a derrota para o Central. Foi o traumatismo testicular que sofreu aos 40 minutos do primeiro tempo, depois de receber um soco de Ribonetto. Aliás, o árbitro não marcou nenhuma infração no lance. Houve pênalti. Com muito esforço, Falcao permaneceu em campo até o encerramento do confronto. No dia seguinte, o atleta fez um treino leve, já que sentia dores até para andar. Apesar de tudo o que aconteceu, deverá estar presente no próximo compromisso do River, contra o Argentinos Juniors. Será o último adversário do River na competição antes do clássico diante do Boca, que ocupa o terceiro lugar com um ponto a menos.

Empate para o Lanús

Lanús e Racing, que começaram a 11ª. rodada na 17ª. colocação, se encontraram no último sábado. Ambos continuaram na mesma posição, pois a partida, disputada no estádio do Granate, não teve ganhador. Todavia, ficou um gosto de vitória para um time: o Lanús.

Vamos dividir o jogo em duas partes. A primeira dura até os 45 minutos da etapa inicial, quando a Academia fez 3 x 0. Dois gols haviam sido anotados por Maxi Moralez e o outro, por Faccioli, atleta do Lanús. No minuto seguinte, começa a segunda parte e a recuperação do Lanús: gol de Sand. O mesmo Sand voltaria a marcar um gol aos três minutos do segundo tempo. A vantagem de 3 x 2 da equipe de Avellaneda foi mantida até os 45 minutos. Naquele momento, Nicolás Ramirez empatou e empurrou o adversário para a zona de repescagem.

O goleiro Navarro, do Racing, teve uma atuação desastrosa. Nos três lances que resultaram em gols do Lanús, ele deu sua contribuição. Primeiro, espalmou mal a bola que veio do escanteio. Um jogador do Lanús aproveitou o rebote, cruzou e Sand marcou. Depois, espalmou para os pés de Sand uma bola chutada de fora da área. Para finalizar, mais um lance de ‘bola parada’: o Lanús cobrou uma falta, Navarro espalmou para cima, sua zaga não conseguiu afastar muito e Ramirez balançou a rede. Não é à toa que o goleiro ganhou nota três do jornal argentino Clarín. Foi a nota mais baixa dos 22 titulares da partida.

Nesta quarta-feira, o Lanús volta a campo. Desta vez, para enfrentar o Gimnasia Jujuy, fora de casa. O jogo foi adiado na sexta rodada. Caso perca, o Lanús será alcançado pelo próprio Gimnasia na classificação.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo