Argentina

River Plate aquece turbinas para a Libertadores e passa pelo Lanús no Monumental

Vantagem adquirida no primeiro tempo facilitou a vida do time de Gallardo

Em busca de mais um título argentino e da Libertadores, o River Plate poupou algumas forças no último sábado (25) e venceu o Lanús, no Monumental de Núñez, por 2 a 1. A partida serviu como bom teste para o confronto de meio de semana que os Millonarios terão contra o Vélez Sarsfield, pelas oitavas de final do torneio continental.

O River não encontrou dificuldades para impor seu domínio por meio da posse de bola e da criação de chances. Se tem uma equipe que sabe o que fazer com a bola é este time de Marcelo Gallardo, uma referência para qualquer outro clube sul-americano nos últimos sete anos. Dito isso, os donos da casa tentaram a todo momento agredir o Lanús, gerando um bom volume de finalizações.

Do outro lado, a equipe de Jorge Almiron acabou punida muito cedo no jogo e não conseguiu reunir forças para reagir de forma adequada. Entre os 26 e 33 minutos do primeiro tempo, o River foi às redes com José Paradela e Braian Romero (em um golaço digno de replay), que mostraram serviço e se apresentaram para as partidas da Libertadores no mata-mata que se avizinha.

A resposta grená veio com Lautaro Acosta, aos 35, mas o nível apresentado pelos visitantes foi insuficiente para sequer empatar o confronto. O River foi o dono dos 90 minutos e poderia até ter ampliado o placar, mas diminuiu a intensidade na etapa complementar a fim de garantir um pouco mais de gás até o encerramento da partida.

Ainda é começo de temporada da Liga Argentina, mas o bolo superior se configura de maneira interessante: o Newell’s lidera de maneira invicta após 5 partidas e é seguido pelo Gimnasia, que também não sabe o que é perder até o momento. Boca Juniors, River, Platense, Banfield e Huracán fecham uma quina de concorrentes separados por apenas um ponto.

Evidente que Boca e River, por imposição de elenco, devem ter mais tranquilidade para arrancar na reta final, mas esse começo empolgante do Newell’s deve aquecer as coisas por grande parte da disputa.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo