Argentina

O Clausura é uma loucura

Somente dois times venceram como mandantes na penúltima rodada do Clausura. Esse baixo número não é novidade no torneio, pois ele também havia aparecido na 13ª. Curiosamente, o Godoy Cruz ganhou de equipes grandes como mandante nas duas ocasiões. O Tomba havia vencido o Independiente e agora passou pelo River: 1 x 0. Acabou assim uma série de três derrotas do Godoy Cruz na competição. Além disso, o Godoy Cruz garantiu sua permanência na elite. O Huracán é outro que conseguiu um triunfo na penúltima rodada. Em seu estádio, o Globo ganhou do Arsenal por 3 x 0, chegou aos 38 pontos e se tornou líder. Esta foi a sua quinta vitória consecutiva no torneio. Para ser campeão nacional pela segunda vez – a primeira foi em 1973 -, o Huracán precisa empatar fora de casa com o Vélez, atual vice-líder e que tem um ponto a menos. Incrível, não?

O Vélez, dono do primeiro lugar quando a rodada começou, visitou o Lanús e obteve um empate por um gol. Durante um bom tempo, a impressão que dava era que o Granate sairia de campo como ganhador. O Lanús abriu o placar aos 31 minutos da etapa inicial e ficou com um homem a mais no primeiro minuto do segundo tempo, graças à expulsão do volante Cubero. Porém, os visitantes conseguiram empatar. Antes do encerramento do confronto, houve igualdade também no número de cartões vermelhos: Faccioli deixou o gramado aos 41. Foi um péssimo dia para o Lanús, terceiro colocado, que disse ‘adeus’ ao título com 35 pontos.

Devido às eleições legislativas que serão realizadas na Argentina, no dia 28 de junho, a última rodada foi adiada para os dias 3, 4 e 5 de julho. Apenas o jogo Arsenal x Independiente, que não tem nenhuma importância neste momento, irá acontecer antes (26 de junho). Caso haja um empate na ‘decisão’ entre Vélez e Huracán, o Globo será o campeão. Já os anfitriões precisam vencer. A partida reunirá o melhor ataque (Huracán, com 35 gols) e a melhor defesa (Vélez, com 13 gols).

San Martín faz milagre e respira

Havia 17 partidas que o Newell’s não era derrotado como mandante em torneios nacionais (oito vitórias e nove empates). Seu adversário, o San Martín, só perdia e não fazia gol havia três rodadas. Mesmo com esses números, a equipe de Tucumán foi a Rosario e ganhou dos Leprosos por 1 x 0. O atacante Urbano, que abriu o placar no primeiro tempo, foi expulso no segundo.

Esse triunfo foi muito importante para o San Martín, pois o time estaria rebaixado se o Clausura terminasse hoje. Na última rodada, o San Martín enfrentará o Lanús, em Tucumán, pensando na repescagem. Será uma boa oportunidade para faturar os três pontos, já que o Granate acabou de ficar sem chance de conquistar o troféu. O Gimnasia La Plata é o único concorrente do San Martín na fuga do rebaixamento direto. Seu adversário será o outro Gimnasia, o de Jujuy, em casa. A vantagem do Gimnasia La Plata é que seu ‘xará’ já está rebaixado. Quem se livrar do rebaixamento direto enfrentará o Atlético Rafaela em uma repescagem. Na outra, o Rosario Central terá pela frente o Belgrano.

Segunda divisão de férias…em parte

Terminou mais uma edição da segunda divisão argentina. Na última rodada, foram conhecidos os dois times que disputarão a repescagem contra representantes da elite. Como já dissemos, são eles: Atlético Rafaela e Belgrano, donos da terceira e quarta posições, respectivamente. Cada um ficou com 62 pontos, mas a Crema levou vantagem no saldo de gols (oito x sete).

Em seu estádio, o Atlético venceu o Independiente de Mendoza por 2 x 0. Os gols só foram marcados perto do fim da partida: aos 42 minutos e aos 46. Quando o placar foi aberto, os visitantes estavam com nove homens, em consequência das expulsões do atacante Gómez, aos 39 minutos do primeiro tempo, e do meio-campo Solís, aos 25 do segundo. O Atlético, para quem não se lembra, começou a rodada fora da zona de repescagem.

O Belgrano, que era o dono do terceiro lugar, visitou o All Boys e perdeu por 2 x 1. Seu rival Instituto também foi derrotado, mas seguiu um rumo diferente. Quarta colocada no início da rodada, com 59 pontos, a Glória perdeu para o Defensa y Justicia por 1 x 0 e terminou na quinta posição. Esta foi a terceira derrota seguida do Instituto no campeonato.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo