Argentina

No Estádio Diego Armando Maradona, Quintero anotou um golaço de falta digno do patrono da cancha

Quintero cravou a bola no ângulo, bem no canto do goleiro, e abriu a vitória do River por 3 a 0 sobre o Argentinos Juniors

O River Plate terminará o ano de maneira melancólica. Não conquistou a Copa da Liga Argentina, ficou pelo caminho na Libertadores, amargou a eliminação na Copa Argentina. As chances de título no Campeonato Argentino também são ínfimas, embora as vitórias sejam importantes pelo menos para buscar a vaga na Libertadores de 2023. A equipe de Marcelo Gallardo entrou em campo neste domingo e derrotou o Argentinos Juniors por 3 a 0 no Estádio Diego Armando Maradona. O destaque ficou para o gol de falta espetacular de Juan Fernando Quintero, digno do craque que batiza o estádio do Bicho Colorado. O colombiano cravou a bola no ângulo, mesmo batendo no canto do goleiro.

O gol de Quintero foi o primeiro do River Plate, mas saiu apenas aos 21 minutos do segundo tempo, depois de uma etapa inicial dominada pelo Argentinos Juniors. O canto esquerdo da meta parecia bem protegido pelo goleiro Federico Lanzillota. Isso até o colombiano surpreendê-lo. Quando tudo indicava que ele chutaria por cima da barreira, decidiu buscar o ângulo do arqueiro e o travou no contrapé. Tiro perfeito, cheio de efeito, que caiu na gaveta e abriu caminho ao triunfo dos millonarios. Lucas Beltrán e Agustín Palavecino (numa pancada de longe) fecharam a contagem para os visitantes.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=agIY8P9y2qY]

O River Plate é o sexto colocado do Campeonato Argentino, com 35 pontos. Ultrapassou inclusive o Argentinos Juniors, agora em oitavo, com 33 pontos. O interesse dos millonarios em busca da Libertadores, de qualquer maneira, fica para a tabela anual – que soma os pontos do Campeonato Argentino aos da Copa da Liga, realizada no primeiro semestre. Nela o clube está em terceiro e se confirmaria na fase de grupos do torneio continental, ao lado do Racing e do já classificado Boca Juniors.

A liderança do Campeonato Argentino agora é do Boca, que soma 42 pontos. Os xeneizes acumulam 11 rodadas de invencibilidade e derrotaram o Vélez por 1 a 0 na Bombonera, gol de Javier Morales, depois de uma porção de chances desperdiçadas pelos visitantes. A partida ainda terminou em confusão, com três expulsos. O Atlético Tucumán deixou a ponta e aparece na segunda posição, com 41 pontos. Os albicelestes perderam por 2 a 1 na visita ao Patronato, algoz do River na Copa Argentina durante o meio da semana passada. E vale ficar de olho no Racing, terceiro, com 40 pontos. A Academia vem de quatro vitórias seguidas e ganhou um épico em Avellaneda na sexta-feira. Bateu o Rosario Central por 4 a 3, num jogo em que perdia por 3 a 1 até os 20 do segundo tempo. O gol decisivo, de Aníbal Moreno, saiu aos 46.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=wBbf6R4CS98]
Foto de Leandro Stein

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreveu na Trivela de abril de 2010 a novembro de 2023.
Botão Voltar ao topo