Argentina

Momento mágico no Monumental

Contra a Venezuela, no Monumental, a Argentina deu show e goleou por 4 x 0. Belo desempenho do setor ofensivo e, também, do defensivo. Os donos da casa não sofreram gol pela terceira vez seguida. Todas as partidas tiveram o comando de Maradona, que, neste sábado, fez sua estreia em competições como técnico do time nacional. O número é pequeno, é verdade, mas desde outubro de 2007 a seleção ‘albiceleste’ não alcançava essa sequência. Naquele ano, a Argentina ainda conseguiu chegar ao quarto jogo consecutivo sem sofrer gol. Ainda mais importante que o bom desempenho da defesa é a subida da Argentina na classificação das Eliminatórias da Copa do Mundo: os comandados de Maradona roubaram do Brasil a vice-liderança depois do triunfo diante da Venezuela e do empate do rival com o Equador. Trata-se de um momento mágico para a Argentina.

O próximo desafio será a Bolívia, em La Paz, nesta quarta-feira. Estarão em campo a segunda melhor seleção e a segunda pior. O único ponto favorável à Bolívia é a altitude de 3600 metros de La Paz. Para evitar ao máximo esse desconforto, a delegação argentina irá nesta terça-feira à tarde para Santa Cruz de la Sierra, onde permanecerá até quarta-feira, a algumas horas do confronto.

Se não sofrer gol, a Argentina igualará a sequência de quatro partidas obtida em 2007, já citada nesta coluna. Agora adivinhe qual foi seu quarto adversário naquela ocasião. Sim, a Bolívia, derrotada por 3 x 0 no Monumental. O meia Riquelme, que disse ‘adeus’ à seleção recentemente, foi autor de dois gols.

Tudo indica que Maradona trocará o 3-4-3 pelo 4-4-2, utilizado em seus dois primeiros jogos na seleção. Havendo essa mudança, Papa teria grandes chances de ser lateral-esquerdo. Angeleri, líbero na rodada passada, sairia para a entrada de Demichelis, que estava cumprindo suspensão. E não param por aí as novidades. Suspenso pelo segundo cartão amarelo, o meio-campo Jonas Gutiérrez ficará de fora. Seu substituto será Battaglia, Lucho González ou Di Maria, o mais cotado. No ataque, Messi terá a companhia de apenas um companheiro desta vez. Quem será? Tevez ou Agüero?

Independente dos 11 titulares da Argentina, o torcedor boliviano ficará bastante preocupado. Não só pelo atual momento das duas seleções, mas também pelo histórico deste confronto em Eliminatórias. Dos 15 encontros, a Argentina ganhou 11, empatou um e perdeu somente três.

Breve permanência no topo

Parece que o Aldosivi está com medo de ficar sozinho na liderança da segunda divisão. Depois de ter alcançado o Chacarita na 25ª. rodada, o Tiburón perdeu em Mar del Plata para o Tiro Federal por 2 x 0. Assim, chegou ao fim uma grande invencibilidade do Aldosivi na competição: dez jogos (sete vitórias e três empates). O adversário não vinha bem no campeonato, pois acumulava sete partidas sem vitória (cinco empates e duas derrotas). Todavia, chegou a surpreender nessa sequência, assim como aconteceu diante do Aldosivi. Na 21ª. rodada, empatou por 2 x 2 com o Chacarita, então líder e que permanece na primeira posição. Duas rodadas mais tarde, o Tiro empatou com o Atlético Tucumán, hoje terceiro colocado, por 1 x 1.

O Chacarita se aproveitou do tropeço do Aldosivi para voltar a ser o único dono do primeiro lugar. Atuando como mandante no estádio do Ferro, o Funebrero ganhou do Los Andes pela contagem mínima e agora tem uma vantagem de três pontos em relação ao seu concorrente mais próximo (49 x 46).

Instituto e Belgrano, os times que começaram a rodada na terceira e na quarta posições, respectivamente, perderam em suas partidas. A derrota do Instituto ocorreu diante do CAI, fora de casa: 2 x 0. Esse placar foi o mesmo do primeiro turno, quando o CAI também ficou com os três pontos. Já o Belgrano visitou o Atlético Tucumán e perdeu por 3 x 1. Ambos os resultados causaram mudanças importantes na classificação. A mais significativa foi a queda do Belgrano para o sexto lugar. Com isso, estaria fora da repescagem contra representantes da divisão principal. Responsável pela queda do Belgrano, o Atlético Tucumán assumiu a terceira colocação, como já dissemos, com 43 pontos. Essa é a mesma pontuação do Instituto, dono da quarta posição.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo