Argentina

Maradona teria ameaçado deixar comando da Argentina

Mal assumiu o cargo de treinador da seleção argentina e Diego Maradona ameaçou deixar a Albiceleste. Tudo por conta da recusa da federação local (AFA) em aceitar a presença de Oscar Ruggeri na comissão técnica.

“El Pibe” já havia manifestado seu descontentamento com os planos da AFA para montar sua equipe de auxiliares. A entidade tenta colocar Sergio Batista e José Luis Brown, mas Maradona desejaria contar com Ruggeri e Mancuso ao seu lado.

Julio Grondona, presidente da AFA, desmentiu a existência de qualquer tipo de problema com Maradona. “Estive com ele até as 18h de quarta-feira e fiquei a par de tudo isto duas horas depois. Maradona nunca disse que deixaria o cargo”, comentou o dirigente.

Com toda a polêmica, fica a dúvida se Maradona viajará neste sábado para a Escócia, para treinar a equipe para o amistoso contra os donos da casa no dia 19. Há até rumores de que Batista assumiria a Albiceleste caso “El Pibe” realmente cumpra suas ameaças.
 

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo