Argentina

Julián Álvarez cravou um golaço do meio da rua e comandou a festa do River no clássico contra o Boca

Marcos Rojo conseguiu ser expulso com 16 minutos e facilitou a vitória do River no Monumental

O Monumental de Núñez recebeu um clássico especial neste domingo, com o reencontro do público no River Plate x Boca Juniors. E os millonarios fizeram as honras da casa, com uma ótima vitória por 2 a 1, num placar até magro para a superioridade dos anfitriões. A expulsão de Marcos Rojo ainda no primeiro tempo abriu caminho para a equipe de Marcelo Gallardo, mas também fez a diferença o talento de Julián Álvarez. O garoto marcou os dois gols do River na tarde, incluindo um golaço, em pancada do meio da rua para encobrir o goleiro.

O clássico era mais travado durante seus primeiros minutos, até que Rojo entrou em cena aos 16. O veterano tomou dois cartões amarelos em pouquíssimo tempo e foi para o chuveiro cedíssimo. Com isso, o River aproveitou a vantagem numérica e anotou seu primeiro gol aos 25 minutos. Um golaço de Álvarez. Na intermediária, o atacante limpou a marcação e arriscou o chute. A bola conseguiu encobrir o goleiro Agustín Rossi, que deu um passo em falso e demorou para reagir.

O River Plate aumentou a contagem aos 43, a partir de uma bola roubada na intermediária. Santiago Simón foi lançado na direita por Enzo Pérez e cruzou rasteiro para Álvarez completar às redes. No segundo tempo, Fabrizio Angileri quase marcou o terceiro de voleio, mas carimbou a trave. Com o jogo dominado pelos millonarios, o Boca pouco fez e só descontou nos acréscimos. Carlos Zambrano cabeceou e Franco Armani ia fazendo uma defesaça, mas a bola passou a linha quando ele tentou se recuperar.

O River Plate lidera o Campeonato Argentino. Soma 30 pontos, com uma partida a mais que o Talleres, um ponto atrás. O time de Marcelo Gallardo emenda quatro vitórias consecutivas. Já o Boca até vinha numa sequência invicta antes do clássico, mas é apenas o nono colocado, com 21 pontos. Neste momento, os xeneizes estão fora da zona de classificação à Libertadores na tabela agregada.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo