Argentina

Granate sem graça

O Lanús continua sendo o líder isolado do Clausura, mas não conquistou nenhum ponto na sétima rodada. Atuando fora de casa, o Granate foi derrotado de maneira surpreendente pelo Huracán: 3 x 0. Havia quatro rodadas que o Lanús vinha obtendo triunfos. Já o Vélez, que começou a rodada na segunda posição e com o status de ser o único invicto, empatou fora de casa com o Rosario Central por 1 x 1. Esses resultados foram bastante comemorados pela dupla Colón e River. Ambos venceram, ultrapassaram o Fortín e agora são os donos da vice-liderança. Cada um tem 14 pontos, um a menos que o Lanús. Devido à volta das Eliminatórias da Copa do Mundo, não haverá rodada do torneio argentino no próximo fim de semana.

Em Santa Fe, o Colón enfrentou o San Lorenzo e ganhou por 3 x 0. Além dos três gols que sofreu, o Ciclón teve três expulsões. O meio-campo Santana recebeu o cartão vermelho aos 10 minutos da etapa final, quando o placar ainda não havia sido aberto. Depois, com o rubro-negro vencendo pela contagem mínima, foram expulsos o atacante Bergessio, aos 14, e o zagueiro Bottinelli, aos 16.

O River merece um destaque especial. No Monumental, logo no primeiro minuto do jogo diante do San Martín de Tucumán, o zagueiro Quiroga fez um gol contra. A vantagem dos visitantes durou até os 15 do segundo tempo. Foi ali que o zagueiro Cabral empatou e animou a torcida. Somente aos 48 é que os Millonarios conseguiram virar, graças a um gol do atacante Falcao García. Naquele momento, o San Martín estava com dez homens em campo, pois o zagueiro De Muner havia sido expulso aos 45.

Um feito por rodada

Héctor Arzubialde é o nome dele. Em sua estreia no Gimnasia Jujuy, na sexta rodada do Clausura, o Lobo venceu pela primeira vez no torneio. Agora, o time conseguiu outro feito: voltou a ganhar como visitante em torneios nacionais depois de 25 partidas (oito empates e 17 derrotas, incluindo a repescagem da temporada 2007/08). Aliás, o Gimnasia foi o único visitante que faturou três pontos nessa rodada. O jogo foi contra o Argentinos Juniors e terminou 1 x 0. Sim, é verdade que o Bicho continua sendo a única equipe que ainda não venceu na competição. Porém, o Gimnasia parece que está realmente deixando a má fase para trás.

O bom trabalho de Arzubialde pode ajudar o Gimnasia a se livrar de uma preocupação enorme: caso a temporada terminasse hoje, o time estaria rebaixado, junto com o seu ‘xará’ de La Plata. O próximo desafio será diante do Tigre, que tem apenas um ponto a mais no Clausura, mas deverá viajar a Jujuy para tentar se manter na frente.

O Aldosivi alcançou

A vantagem foi diminuindo aos poucos, até que o Chacarita foi alcançado pelo Aldosivi na 25ª. rodada da segunda divisão. O Funebrero visitou o Instituto e perdeu sua longa invencibilidade de 11 jogos na competição (sete triunfos e quatro empates), com uma derrota pela contagem mínima. Perto de completar 96 anos (29 de março), o Aldosivi também viu desaparecer uma bela sequência: sete vitórias seguidas no campeonato. O empate sem gols com o Atlético Rafaela, no entanto, levou o Tiburón aos 46 pontos e, consequentemente, à liderança. A partida foi disputada na casa do adversário.

O Instituto, responsável pelo fim da invencibilidade do Chacarita, ocupa o terceiro lugar, com 43 pontos. Logo em seguida, na quarta colocação, aparece o Belgrano, com 41. O Celeste não ganhava na segunda divisão havia três rodadas (dois empates e uma derrota) e obteve um triunfo diante do CAI, por 1 x 0, em casa. Foi uma bela maneira de comemorar 104 anos, completos no último dia 19. Hoje, os dois times de Córdoba disputariam a repescagem contra representantes da divisão principal.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo