Argentina

Goleada da Argentina sobre Cingapura serviu para Papu Gómez desfilar categoria

De que serve um amistoso com Cingapura? Tecnicamente, pouco. A Argentina de Jorge Sampaoli, então, aproveitou para fazer algo inusitado: jogou com apenas dois jogadores de defesa: Mammana e Fazio. Biglia foi o único volante. No centro do meio-campo, Acuña, Lanzini e Salvio. Nas pontas, Di María e Alejandro “Papu” Gomez e com Dybala encostando em Joaquin Correa. E quem aproveitou bem a chance nos 6 a 0 da Argentina acabou sendo Gomez.

LEIA TAMBÉM: Diego Souza foi o maior vencedor na goleada de um Brasil muito modificado sobre a Austrália

Papu Gómez não era um jogador cotado para a seleção. O baixinho, que veste a camisa 10 da Atalanta, foi chamado por Sampaoli e jogado pelo lado do campo foi participativo. Marcou um golaço em um chute de fora da área. Um belo chute. Quem também balançou as redes foram Federico Fazio, Joaquín Correa, Papu Gómez, Leandro Paredes, Alario e Di María.

O amistoso serviu para Sampaoli observar uma situação atípica, precisando atacar com tudo. Talvez seja pouco necessário, mas é bom testar a opção. E, mais importante que isso, será o jogo em Montevidéu, no próximo dia 31 de agosto. Este é um jogo crucial para a situação da albiceleste nas Eliminatórias. A Argentina tem 22 pontos, em quinto lugar na tabela. O Chile, quarto, tem 23, assim como o Uruguai, terceiro. A Colômbia é segunda colocada com 24. O Brasil é líder bem distante dos demais, com 33. No dia 5 de setembro, a Argentina tem um dos jogos teoricamente mais fáceis de toda competição: contra a Venezuela em casa. Será a sequência para entrar no grupo de classificados.

Veja os gols do amistoso com Cingapura:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo