Argentina

Comércio de comandantes continua

Comandado pelo interino Alberto Fanesi, o San Lorenzo disputou duas partidas no Clausura, não obteve nenhum ponto e não fez gol também. Fanesi estreou diante do Vélez, em casa, e sua equipe foi derrotada pela contagem mínima. Na rodada passada, o Ciclón enfrentou o San Martín, em Tucumán, e perdeu por 3 x 0. Estes resultados deixaram o San Lorenzo no 16° lugar, com dez pontos, junto com Gimnasia Jujuy, Tigre e Estudiantes. Agora, as esperanças vão ser colocadas nas mãos do novo técnico: Diego Simeone, uma das maiores revelações recentes na profissão. O ‘Cholo’ chega para ocupar o lugar deixado por Miguel Russo, que havia pedido demissão. Falando em Russo, é ele o novo treinador do Rosario Central, dono da décima posição, ao lado de San Martín, Newell's e Boca. Cada um tem 12 pontos. Por incrível que pareça, Reinaldo Merlo durou apenas cinco jogos no clube.

O San Lorenzo será o terceiro clube considerado grande que Simeone treina. Detalhe: sua carreira teve início em 2006. O primeiro clube foi o Racing, que será o adversário do Ciclón na próxima rodada, em casa. E o segundo foi o River. Na lista de times comandados por Simeone, aparece também o Estudiantes, pelo qual faturou o primeiro título como técnico: o do Apertura 2006. A outra conquista foi no Clausura 2008, quando trabalhava no River.

Merlo pediu demissão do Central após a derrota sofrida para o Racing, por 1 x 0, em Rosario. Todavia, sua decisão já havia sido tomada antes do jogo. Isso significa que o técnico resolveu ir embora quando os Canallas ainda estavam invictos sob seu comando. Antes do confronto diante da Academia, o Central havia conseguido três vitórias e um empate. Ao sair do clube, Merlo disse o seguinte: “Depois das declarações de Ezequiel González, não me senti bem. Já não estava cômodo. Ao resto do elenco e aos dirigentes estou agradecido”. Tudo começou quando González considerou que o Central era um desastre pela maneira como jogava e que não se sentia identificado com o modo de jogo conservador do time. Sem Merlo e com Ángel Cuffaro Russo como interino, o Central visitou o Gimnasia La Plata e empatou por um gol. Na próxima rodada, o Central, assim como o San Lorenzo, enfrentará um grande em seu estádio: o Boca. Assim será a estreia de Miguel Russo, cujo principal título da carreira foi o da Libertadores 2007, com o próprio Boca.

Trio parada dura

Segue bastante concorrida a disputa pela liderança do Clausura. Na décima rodada, os três primeiros colocados venceram. O Vélez, dono da primeira posição, ganhou do Arsenal, em casa, por 2 x 0. Ambos os gols foram marcados no fim de cada tempo. O atacante López abriu o placar aos 44 da etapa inicial e o meio-campo Coronel ampliou a vantagem aos 46 do segundo tempo. Com esse triunfo, o Fortín chegou aos 22 pontos, um a mais que Colón e Lanús.

No estádio do Huracán, o Colón derrotou o Independiente, mandante da partida, pela contagem mínima. A equipe de Santa Fe foi a única que venceu como visitante nesta rodada. Já o Rojo ainda não havia perdido como mandante no torneio. Em casa, o Lanús ganhou do Tigre por 2 x 1, de virada. O Matador não era derrotado na competição havia seis jogos (dois triunfos e quatro empates).

Contra o CAI, Chacarita não tropeça

Já são quatro jogos seguidos em que o Chacarita só vence na segunda divisão. A última vítima do líder do campeonato foi o CAI: 3 x 0. Mais uma vez, o Funebrero atuou como mandante no estádio do Ferro. O Chacarita agora tem 58 pontos e ampliou sua vantagem em relação à segunda posição.

Atlético Tucumán e Aldosivi, que começaram a rodada no segundo lugar, com 49 pontos cada, não conseguiram ganhar. Fora de casa, a equipe de Tucumán empatou por um gol com o Independiente de Mendoza e saiu de uma sequência de quatro vitórias. Mesmo com o resultado, o Atlético se manteve na vice-liderança. Já o Aldosivi, também longe de casa, perdeu pela contagem mínima para o Belgrano, que estava na quarta colocação. O gol da partida foi do atacante Cuevas, que havia começado no banco. Esses três pontos levaram o Belgrano para o segundo lugar, junto com o Atlético Tucumán. Porém, o time de Córdoba tem pior saldo de gols.

Um ponto atrás de Atlético Tucumán e Belgrano aparece o Instituto, que recebeu o Ferro e ganhou por 2 x 1. O Instituto divide a quarta posição com o Aldosivi, mas leva a vantagem no saldo de gols.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo