Argentina

Battaglia quer mudança de atitude no Boca Juniors

Após a derrota para o Estudiantes, na última rodada do Apertura, por 1 a 0, a avaliação entre jogadores e comissão técnica do Boca Juniors de que o time anda rendendo um futebol muito abaixo do esperado é geral. Por isso, só um jogador multi-campeão pelo clube e uma das lideranças do atual elenco como Sebástian Battaglia para vir a público falar claramente sobre os problemas da equipe, em entrevista à Rádio Rivadavia.

Segundo o camisa 5 , é inexplicável a mudança de atitude da equipe de um jogo para o outro. “Não temos uma explicação para uma mudança tão radical de uma partida para outra. Temos que seguir corrigindo o que está mal, e ter um pouco mais de regularidade , deixar outra imagem para o nosso torcedor. Não digo que vamos ganhar todas as partidas daqui para frente mas tivemos alguns jogos em que não criamos uma chance de gol”, sentenciou o experiente volante, de 29 anos.

Na entrevista, o jogador disse faltar volume de jogo a equipe xeneize e relativizou as cobranças feitas pelo técnico Claudio Borghí. “Acho isso normal, o que o Borghí nos disse nos treinamentos de forma contudente foi para corrigir os erros da equipe. Em todos os setores da equipe, falta volume de jogo”, afirmou o volante, tricampeão da Libertadores pelo Boca. “Ainda falta muita coisa pra sermos uma equipe forte. Foi muito fraco o futebol apresentado na última rodada”, completou, se referindo à derrota em Quilmes para o Estudiantes por 1 a 0.

Assim como o seu companheiro de equipe, Clemente Rodríguez, o volante acha exagerada a cobrança da torcida e de parte da imprensa sobre outra bandeira da equipe, o camisa 10, Juan Román Riquelme. “Ele é um jogador muito importante para nós, mas está se recuperando de lesão e esperamos que ele faça isso da melhora maneira possível. Quando ele estiver bem, será essencial para a equipe”, declarou. (FutebolPortenho.com.br)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo