Argentina

Às 10h da noite, a Argentina parou para aplaudir o seu eterno camisa 10: “Olé, olé, olé, Diego, Diego”

Mesmo de casa, onde muitos continuam em meio à pandemia de coronavírus, os argentinos encontraram uma maneira de homenagear Diego Armando Maradona.

Às dez horas da noite, aplaudiram o seu eterno camisa 10. E cantaram. Cantaram mais uma vez. Certamente não pela última vez: “Olé, olé, olé, Diego, Diego..”

.

.

.

.

.

.

.

Estádios

Também às 22h, alguns estádios ao redor da Argentina acenderam as luzes para homenagear Diego, como o de Estudiantes, do River Plate, do Independiente e o do Argentino Juniors, que, afinal de contas, leva o seu nome. Na Bombonera, apenas uma luz acesa em meio à escuridão: a do camarote de Maradona.

.

.

.

.

.

.

.

 

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.