Argentina

Argentina muda fórmula de disputa e protege grandes

Após reunião realizada nesta segunda-feira à noite na sede da Associação de Futebol Argentino (AFA), o porta-voz da entidade, Cherquis Balo, anunciou uma série de mudanças no formato do futebol argentino para a próxima temporada. O principal deles: todas as equipes da série B que não forem rebaixadas subirão para a série A.

Ainda há vários detalhes a serem definidos em uma próxima reunião, a ser realizada em outubro. Mas está confirmado que a partir da temporada 2012/2013 o campeonato argentino da primeira divisão terá 36 ou 38 equipes, incluindo todas as que disputarão a A na atual temporada e todas as da B que não forem rebaixadas para a 3a divisao.

A fórmula de disputa também é incerta. Muitos apostam numa divisão em cinco grupos, tendo como cabeças de chave os cinco grandes. Os melhores em cada grupo disputariam uma fase final na luta pelo título, enquanto os piores disputariam uma repescagem para escapar do rebaixamento. Seria necessário ainda resolver o problema de que nesse sistema não haveriam clássicos, a menos na fase classificatória.

Vale notar que a mudança teve como estopim o rebaixamento do River Plate, que terá como praticamente garantido seu retorno imediato à serie A. Mas é importante lembrar que a modificação interessava a muita gente. Boca Juniors, San Lorenzo e Racing entrariam com promedio muito baixo na proxima temporada, correndo risco de lutar contra o descenso. O governo quer expandir sua atuação no esporte, e como atua apenas na 1a divisão, passará a ter o dobro de clubes atuando em um torneio patrocinado por ele.

E à AFA interessava a mudança, já que clubes tradicionais e com torcida fanática (Rosário Central, Huracán, Gimnasia, Chacarita, Instituto, Quilmes) estão na B, enquanto outros de menor expressão (Olimpo, All Boys, San Martin, Rafaela) estão na A, e a AFA via com bons olhos a possibilidade de reintegrar essas equipes à divisão principal. Aos pequenos a mudança interessa por facilitar o acesso às divisões superiores, e ao contentá-los a AFA garante um apoio mais sólido da parte dele.

Outras duas mudanças foram anunciadas. O fim do sistema de promedios e a criação da AFA TV, que transmitirá ao vivo as partidas do novo torneio. Apenas quatro clubes se abstiveram de aprovar a mudança: Newell’s, Racing, Velez e All Boys. (FutebolPortenho.com.br)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo