Argentina

Água inconveniente

Imagine a seguinte situação: o placar é aberto aos dez minutos, um atleta recebe o cartão vermelho aos 13 e o árbitro suspende a partida aos 16 minutos do primeiro tempo. Não é ficção. Isso aconteceu no último sábado, no confronto entre os vizinhos Huracán e San Lorenzo, disputado em La Bombonera. O Globo fez 1 x 0 e depois lamentou a expulsão do atacante Pastore. Como eram ruins as condições do gramado, devido à chuva que caía, o árbitro Saul Laverni acabou suspendendo o encontro, que terá continuação nesta terça-feira.

Esse resultado vai deixando o San Lorenzo bem mais distante do título do Apertura. Na mesma rodada, que foi a antepenúltima do torneio, o Boca obteve um triunfo no clássico diante do Racing e se manteve na liderança (35 pontos). Já o Tigre, cuja pontuação era a mesma do San Lorenzo no início da rodada, também ganhou. O ‘Matador de Victoria’ derrotou o River e chegou aos 33 pontos. Dependendo dos resultados que acontecerem na rodada que vem, o Boca já poderá se tornar campeão. Os 'Xeneizes' terão pela frente o Gimnasia La Plata, na casa do adversário, o Tigre visitará o Rosario Central e o San Lorenzo disputará em seu estádio o clássico diante do Independiente.

Riquelme foi um dos destaques da partida entre Boca e Racing. O meia anotou os dois gols dos ‘Xeneizes’, que atuaram em casa. Sosa, lateral-direito, fez o gol da Academia, hoje na 13ª. posição (21 pontos). Com esse placar, o Boca terminou invicto nos clássicos da competição. Antes, havia conseguido duas vitórias (1 x 0 contra River e San Lorenzo) e um empate (1 x 1 com o Independiente).

Apesar de ter se destacado, Riquelme pode ter dores de cabeça por causa desse jogo. Depois de ter marcado seu segundo gol, o atleta provocou um torcedor que o havia insultado. Essa atitude, segundo a fiscal María Florencia Zapata, pode render a Riquelme dois a dez dias de prisão e uma multa de 400 a 2000 pesos.

Mas voltemos a falar de futebol. O Tigre sofreu um gol do último colocado River (13 pontos) logo aos dois minutos da etapa inicial. Ainda no primeiro tempo, ocorreu o empate e a virada, com dois gols do atacante Luna. Nos descontos da etapa final, o atacante Bardaro aumentou a vantagem do Tigre para 3 x 1 e acabou sendo expulso em seguida, pois tirou a camisa durante a comemoração.

A antepenúltima rodada da competição também não teve o encerramento do jogo entre Godoy Cruz e Estudiantes, marcado para Mendoza. Na verdade, não houve sequer o apito inicial. A pedido do Estudiantes, que está na final da Copa Sul-Americana, a AFA adiou o confronto para o próximo dia 10.

Chacarita ri à toa

Não durou muito tempo a permanência do Atlético Rafaela na liderança da segunda divisão. Fora de casa, a ‘Crema’ foi derrotada por 2 x 0 para o Instituto e caiu para o segundo lugar (30 pontos). Quem ocupa agora a primeira posição, com 31 pontos, é o Chacarita, que enfrentou o lanterna Platense. Mandante da partida, o Chacarita atuou no estádio do Ferro e venceu por 2 x 0.

Belgrano e Talleres, duas equipes de Córdoba que dividiam a segunda colocação (29 pontos), também perderam seus jogos. Ambos estão agora em terceiro lugar. Contra o Tiro Federal, em casa, o Belgrano foi derrotado por 2 x 0. O Talleres teve um resultado pior, mas atuou em Tucumán, diante do Atlético local: 3 x 0. Báez abriu o placar aos 12 minutos da etapa inicial e Galarraga ampliou aos sete do segundo tempo. Ambos são atletas do…Talleres. Rodríguez, do Atlético, fez o terceiro da partida. Aos 34 minutos da etapa inicial, quando o confronto ainda estava 1 x 0, Reynoso recebeu o cartão vermelho e deixou o time anfitrião com dez homens. O Talleres também teve uma expulsão. Bartolini foi embora do campo entre o segundo e o terceiro gol do Atlético.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo