Argentina

A vez do Vélez

O Clausura tem um novo líder após a disputa da nona rodada. Trata-se do Vélez, que derrotou o San Lorenzo fora de casa, por 1 x 0. O Fortín, no entanto, precisa agradecer aos times que tropeçaram na rodada e permitiram sua subida para a primeira posição. Um deles é o Lanús, líder no começo da rodada e que perdeu para o Argentinos Juniors por 2 x 1, na casa do adversário. Já o Colón, segundo colocado no início da rodada, recebeu o Arsenal e empatou por 1 x 1. Agora, a classificação está assim: Vélez em primeiro lugar, com 19 pontos, e a dupla Colón/Lanús em segundo, com 18 pontos cada.

Na partida entre San Lorenzo e Vélez, houve uma novidade no banco de reservas do Ciclón: o técnico Miguel Russo não estava lá. Ele pediu demissão depois da derrota sofrida na Libertadores para o San Luis-MEX, no último dia 8. Quem comandou o San Lorenzo diante do Vélez foi o interino Alberto Fanesi.

A derrota que o Lanús sofreu foi surpreendente, pois o Argentinos Juniors vem fazendo uma campanha terrível no torneio. Nas oito rodadas anteriores, o Bicho não havia conquistado um triunfo sequer. Seu retrospecto tinha cinco empates e três derrotas. Apesar dos três pontos, o Argentinos permanece na lanterna da competição.

Um aspecto que chamou a atenção na partida entre Colón e Arsenal foi o gol anotado pelo atacante Jara, da equipe de Sarandí, aos 44 minutos da etapa inicial. Este foi o primeiro gol que o rubro-negro sofreu em casa no Clausura. Antes, o Colón havia atuado quatro vezes em seu estádio. Jara fez bonito, ao contrário de Leguizamón, seu companheiro de ataque. Quando o confronto ainda estava 0 x 0, Leguizamón desperdiçou uma cobrança de pênalti, defendida pelo goleiro Pozo.

Um fenômeno chamado Independiente

Ainda continua a espera pela inauguração do novo estádio do Independiente. Enquanto isso, a casa do Rojo tem sido o estádio do Huracán. No último sábado, não foi diferente. O Independiente atuou como mandante contra o…Huracán. Parece piada, mas é verdade. E de tão acostumado com o local, o time de Avellaneda acabou vencendo por 2 x 1, de virada.

Todos os gols foram marcados rapidamente. O Globo abriu o placar aos nove minutos da etapa inicial, o Independiente empatou no minuto seguinte e a virada ocorreu aos 13. Este foi o primeiro triunfo de Américo Gallego como técnico do Independiente. Já o treinador do Huracán, Angel Cappa, fez críticas ao seu oponente: “A equipe de Gallego foi uma vergonha. Não nos atacaram em todo o segundo tempo. Não estou inconformado com o jogo do Huracán porque criamos 15 situações de gol”.

Repare agora como é impressionante a campanha do Independiente no Clausura. Na primeira rodada, o Rojo empatou com o Vélez no estádio do Huracán. Dali em diante, o Rojo perdeu todas as vezes em que atuou como visitante e ganhou sempre que jogou como mandante. E não é só nisso que o Independiente surpreende. Mesmo estando na quinta posição, com 13 pontos, ao lado de outros times (Huracán, Gimnasia La Plata e Godoy Cruz), o Independiente tem a pior defesa: 16 gols. Este é o fenômeno do torneio!

Toledo causa medo

Os três primeiros colocados da segunda divisão venceram na 28ª. rodada. Vamos começar falando sobre o Chacarita, líder da competição com 55 pontos. O Funebrero recebeu o Unión no estádio do Ferro e ganhou por 4 x 2. Três gols foram do atacante Toledo, que chegou aos 15 no campeonato e é um dos artilheiros. Salmerón, do Talleres, tem o mesmo número que ele. Para o Unión, fica o consolo de que o clube irá comemorar 102 anos nesta quarta-feira.

Atlético Tucumán e Aldosivi aparecem logo abaixo do Chacarita na classificação. Cada um tem 49 pontos, mas o Atlético leva vantagem no saldo de gols. Em casa, o time de Tucumán derrotou o Los Andes de maneira espetacular e alcançou seu quarto triunfo consecutivo na segunda divisão. O único gol do confronto foi anotado pelo atacante Lujambio, aos 42 minutos da etapa final. Desde o dia 21 de fevereiro que o atleta não atuava, em consequência de duas fraturas de costelas. Contra o Los Andes, Lujambio entrou em campo aos 20 minutos do segundo tempo. Temos que lembrar, porém, que o adversário tinha nove homens em campo no momento do gol. O Los Andes havia perdido o lateral-direito Ruiz, aos 5 minutos da etapa final, e o atacante Martín, aos 22. Ambos foram expulsos. O maior papelão foi de Martín, que havia deixado o bando de reservas aos 19. Pelo mesmo placar, o Aldosivi ganhou do All Boys, em Mar del Plata. Havia três rodadas que o Tiburón não vencia na competição (um empate e duas derrotas).

O quarto colocado não é mais o Atlético Rafaela, que empatou com o lanterna Platense por um gol, fora de casa. A equipe local fez 1 x 0 aos 39 minutos do segundo tempo, através do atacante Solignac, e a Crema empatou aos 45, com um gol de Zampedri, também atacante. Os dois atletas não haviam começado o jogo como titulares. Antes da inauguração do placar, os visitantes sofreram com a expulsão do zagueiro Zbrun, aos 33 minutos da etapa final. O novo dono do quarto lugar é o Belgrano. Atuando diante do Ferro, no estádio do adversário, o Celeste venceu por 2 x 1 e alcançou os 47 pontos.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo