Argentina

A Copa da Liga Argentina definiu seus classificados e terá Boca x River nas quartas de final

A competição doméstica terá mata-matas em jogo único e o Superclássico ocorrerá na Bombonera, no próximo domingo

A Copa da Liga Argentina é um artifício da AFA para preencher o calendário numa temporada atrapalhada pela pandemia. A competição pode não ter caráter de Campeonato Argentino, mas, no fim das contas, oferecerá um grande momento ao futebol local: um mata-mata entre Boca Juniors e River Plate. Sem contar a Supercopa, isso não acontece num torneio nacional desde 1993. Com o fim da fase de classificação da Copa da Liga, foram definidos os cruzamentos a partir das quartas de final. O Superclássico será a grande atração da sequência.

A Copa da Liga reuniu os 26 participantes da primeira divisão. As equipes foram divididas em dois grupos, jogando entre si em turno único e contra o rival na outra chave. Os quatro primeiros colocados de cada grupo se classificaram aos mata-matas. E, enquanto o River terminou em terceiro no Grupo A, o Boca foi o segundo no Grupo B. Irão se cruzar nas quartas de final, em jogo único, dentro da Bombonera. O detalhe é que, há cerca de um mês, os dois rivais já tinham sido sorteados para se enfrentarem nas oitavas de final da Copa Argentina. Enquanto o duelo pela Copa da Liga acontecerá no próximo domingo, o da Copa ainda não tem data definida.

Em toda a história do Superclássico, contando também torneios extintos do futebol argentino, Boca e River se enfrentaram em 18 mata-matas anteriormente. Foram 11 confrontos por competições domésticas (incluindo a Supercopa) e sete por torneios continentais. Os millonarios levam vantagem com 13 classificações ou títulos, contra apenas cinco dos boquenses. Além disso, nos últimos cinco duelos por mata-matas, todos sob as ordens de Marcelo Gallardo, o River levou a melhor. O Boca terá duas chances de quebrar tal escrita e experimentar uma classificação que não vive desde as semifinais da Libertadores de 2004.

Neste domingo, foram definidos os classificados do Grupo A. Colón e Estudiantes estavam garantidos anteriormente. O River Plate começou com dificuldades, mas terminou goleando o lanterna Aldosivi e garantiu a terceira colocação. Já o grande resultado foi do Racing, que derrotou o San Lorenzo por 2 a 0 e tomou a quarta colocação do Ciclón no saldo de gols. O Rosario Central, que dependia apenas de si, perdeu para o Platense e ficou de fora. No Grupo B, o Vélez sobrou na ponta, enquanto o Boca Juniors também se confirmou por antecipação. Foram acompanhados por Independiente, que ganhou do Huracán, e pelo Talleres, que avançou mesmo com derrota ante o Lanús. Quem também lamentou foi o Unión de Santa Fé, que fez o jogo entre grupos com o rival Colón e acabou eliminado com um empate.

A semifinal da Copa da Liga ainda pode proporcionar outro jogo duro ao sobrevivente do Superclássico. Melhor time da fase de classificação, o Vélez pega o Racing. Quem passar mede forças com Boca ou River. Já do outro lado, o Colón teve o melhor desempenho no Grupo A e encarará o Talleres nas quartas de final, enquanto Estudiantes e Independiente se cruzam. Os confrontos serão resolvidos em partida única, na casa do time de melhor campanha. A partir das semifinais, os duelos são em campo neutro. Mesmo que seja um torneio tampão, os mata-matas prometem sua dose de emoção.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo