AlemanhaBundesliga

Só faltava o Gladbach falhar, e foi o que aconteceu

O Bayern de Munique já tivera motivos para agradecer, na 14ª rodada do Campeonato Alemão: não só ganhara do Hannover 96, mas vira sua vantagem aumentar para seis pontos, pela dura goleada que o RB Leipzig sofreu para o Hoffenheim (4 a 0) e pelo empate do Schalke 04 com o lanterna Colônia (2 a 2). Ficava a chance para o Borussia Mönchengladbach: ganhando do Wolfsburg, os Potros viravam vice-líderes na Bundesliga. Pois bem: outra chance perdida. Os Lobos fizeram 3 a 0, mantendo as primeiras posições inalteradas.

E a vitória na Volkswagen Arena foi iniciada já no começo da partida. Aos quatro minutos do primeiro tempo, Yunus Malli começou e terminou um contra-ataque do time da casa: do meio-campo, lançou a bola para Mario Gómez, que dominou, chegou à área e cruzou para Malli completar, vagarosamente, no canto direito do goleiro Yann Sommer. Aos 25, o camisa 10 do Wolfsburg voltou a ser fundamental: Malli tabelou com Daniel Didavi, segurou a bola na entrada da área e, com um leve toque, deixou Didavi livre para fazer 2 a 0.

No segundo tempo, o Gladbach ainda tentou correr atrás de um gol que reanimasse a sua situação. Mas tais esperanças se acabaram no chute forte de Joshua Guilavogui, fora da área, marcando 3 a 0 aos 26 minutos e encerrando definitivamente a sequência de cinco vitórias seguidas do time da Prússia – e, claro, deixando o líder Bayern ainda mais líder.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo