Alemanha

Simon Terodde marcou dois gols pela quarta vez na temporada, mas St. Pauli tirou os primeiros pontos do Hamburgo

Os gols de Simon Terodde chegam em pares. Pelo menos nesta temporada do futebol alemão. Nesta sexta-feira, ele chegou a oito com a camisa do Hamburgo, perfeitamente divididos em quatro jogos. No entanto, eles não foram suficientes para evitar o empate por 2 a 2 no clássico contra o St. Pauli, após o que ele descreveu como um final do “Velho Oeste”. O Hamburgo ainda não havia perdido pontos em cinco rodadas desta edição da 2. Bundesliga.

Terodde, alemão de 32 anos e 1,92 metros, chegou do Colônia, ao fim do seu contrato, e causou um impacto imediato. Lidera a tabela de artilharia da segunda divisão, com oito gols em seis rodadas. Foram dois contra Fortuna Düsseldorf, Paderborn e Würzburger Kickers e agora diante do St. Pauli. Está mais uma vez provando que pode ser um artilheiro competente para a Segundona. Disputou a competição quatro vezes entre 2014 e 2019, com 94 gols em 131 jogos por Bochum, Stuttgart e Colônia.

Na Bundesliga, não teve o mesmo sucesso. Disputou partidas em três temporadas (2010/11, 2017/18 e 2019/20), por Colônia e Stuttgart, e marcou apenas dez vezes em 58 jogos. Na última campanha, pelos Bodes, fez três gols em apenas 800 minutos em campo.

O dérbi, geralmente famoso pela paixão de suas torcidas, recebeu apenas 1.000 pessoas, por causa das restrições contra o coronavírus. Segundo o jornal Bild, foi o segundo menor público da história do confronto entre os principais clubes de Hamburgo. O outro, com 800 espectadores, foi durante a Segunda Guerra Mundial, em 1944.

O primeiro gol teve muito mérito do jovem lateral direito Joshua Vagnoman, de 19 anos, que passou grande parte da temporada passada afastado por uma séria lesão. Ele recebeu a bola enfiada pela direita, deixou o marcador no chão e cruzou, de canhota, com consciência. Terodde apareceu na segunda trave para completar de cabeça, aos 12 minutos.

O St. Pauli, porém, também tinha um cara alto chamado Simon que chegou de graça para liderar o ataque nesta temporada. Em seu caso, trata-se de Simon Makienok, dinamarquês de 2,01 metros que assinou com o clube ao fim do seu contrato com o Dynamo Dresden. Aos 35 minutos, ele fez a parede para Rodrigo Salazar bater de primeira de fora da área e empatar com um perfeito chute rasteiro.

E, aos 37 minutos, deu início ao tiroteio dos minutos finais do clássico. Recebeu a bola na área, um pouco atrás da marca do pênalti, e bateu com força. O goleiro Sven Ulreich ainda tocou a bola antes de vê-la cruzar a linha. Dois minutos depois, porém, Amadou Onana lançou para a área do meio-campo, Jeremy Dudziak, contratado do próprio St. Pauli ano passado, ajeitou de cabeça, e Terodde dominou antes de bater colocado com a perna direita e empatar.

O Hamburgo ainda lidera a tabela com 16 pontos, com cinco vitórias e agora um empate, o resultado preferido do St. Pauli. Foi a quarta igualdade da equipe em seis rodadas da segunda divisão da Alemanha.

.

.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo