AlemanhaBundesliga

Segue o drama: Hamburgo perdeu, Wolfsburg também

Mais um conhecido clube do Campeonato Alemão a estar aflito com a ameaça de rebaixamento, o Wolfsburg tinha a chance de se aliviar – e de quebra, decretar o descenso do Hamburgo: para isso, teria de ganhar do RB Leipzig, neste sábado, na penúltima rodada da Bundesliga. Não conseguiu: goleado por 4 a 1, o time da Volkswagen passará a última semana da temporada regular ainda assombrado. Se serve de consolo, pelo menos manteve o 16º lugar da repescagem, com 30 pontos, já que a primeira queda após 55 anos de Bundesliga é cada vez mais provável para o Hamburgo, penúltimo colocado, derrotado por 3 a 0 pelo Eintracht Frankfurt.

Os visitantes ainda atacaram no primeiro tempo em Leipzig: aos nove minutos, Josip Brekalo se virou e arrematou na área, mas o goleiro Péter Gulácsi pegou sem problemas. Porém, aos poucos o RB Leipzig foi se impondo em campo. Aos 15, Jean-Kévin Augustin ajeitou a bola na meia-lua, e a deixou para Ademola Lookman dominar, entrar na área e chutar. Jeffrey Bruma evitou o gol, tirando para escanteio. Dez minutos depois, veio o gol dos Touros. Novamente, em jogada envolvendo Augustin e Lookman: o francês avançou pela esquerda, cruzou, e o inglês completou de carrinho para fazer 1 a 0, no canto direito do goleiro Koen Casteels.

O domínio poderia ter sido sacramentado aos 31 minutos, quando Augustin teve gol anulado, por impedimento visto pelo VAR. Sem problemas: aos 34, Lookman pegou a bola na direita da grande área, cruzou, um dos zagueiros do Wolfsburg falhou no corte, e Timo Werner ficou livre para concluir rasteiro, no canto esquerdo de Casteels, fazendo 2 a 0.

O Wolfsburg ainda ganhou alguma esperança no começo do segundo tempo: aos três minutos, marcou o seu gol. Após cruzamento da esquerda, Daniel Didavi já entrou completando de primeira, diminuindo a vantagem do time de Leipzig. Vantagem aumentada de novo aos 7 minutos, por causa de uma falha de Ohis Uduokhai. O lateral esquerdo permitiu que Werner lhe roubasse a bola perto da área – e o alemão ainda ajeitou antes de passar a Lookman, que tocou na saída de Casteels para o 3 a 1. Mais uma saída rápida, aos 18 minutos, e veio o 4 a 1, contando até com a sorte: de Werner, a bola ricocheteou em Kevin Kampl, e foi parar com Augustin. Em posição legal, o francês dominou e arrematou no canto direito, rasteiro, para transformar a vitória em goleada. E tornar ainda mais dramática a situação do Wolfsburg, que segue vendo a sombra do Hamburgo em busca da segunda chance da repescagem (texto abaixo dos gols de RB Leipzig x Wolfsburg).

 

Eintracht Frankfurt 3×0 Hamburgo

Parecia que o novo capítulo de uma outra salvação tardia do Hamburgo poderia começar: aos 26 minutos, Tatsuya Ito chegou a colocar os visitantes na frente, mas o gol foi anulado, por impedimento apontado pelo VAR. Não bastasse a frustração, ficou pior ainda para os hanseáticos aos 31 minutos. Jetro Willems iniciou a jogada, passando a Sébastien Haller. O atacante francês apenas escorou para Marius Wolf entrar, tocando por baixo do goleiro Julian Pollersbeck e fazendo 1 a 0.

No segundo tempo, a história dramática se repetiu para o HSV. Lewis Holtby marcou o que seria o gol do empate, aos 24 minutos, e novamente o tento foi anulado por posição irregular. Poucos minutos depois, o time de Frankfurt sacramentou sua vitória. Aos 32 minutos, após rebote de Pollersbeck, Omar Mascarell chutou cruzado na área para o 2 a 0. E nos acréscimos, voltando após um ano em recuperação de lesão, Alexander Meier definiu o placar – frustrando os planos do Hamburgo. Na última rodada, a últma chance de chegar à repescagem de acesso/manutenção/descenso – ou de ver o relógio zerar, após 55 anos.

 

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo