AlemanhaBundesliga

Alemães protestam contra mudanças em estádios

O Plano de Experiência de Segurança nos Estádios, lançado pela Liga Alemã de Futebol (DFL), não foi bem aceito pelos torcedores do país. Na última rodada da Bundesliga, as partidas realizadas em Dortmund, Hannover, Hamburgo e Frankfurt permaneceram com as arquibancadas em silêncio durante 12 minutos e 12 segundos, em protesto contra as medidas.

Entre as propostas feitas pela DFL está a extinção dos lugares em pé nos estádios e a redução de ingressos destinados às torcidas visitantes, que atualmente é de 10% da capacidade total. Os clubes das três principais divisões do país têm até o dia 12 de dezembro para votar no plano.

“Eles querem usar esse tempo simbólico, de 12 minutos e 12 segundos, para mandar uma mensagem clara”, explicou o capitão do Borussia Dortmund, Sebastian Kehl, fazendo referência à data limite.

Sob o slogan “Sem vozes, sem atmosfera”, torcedores de 36 clubes organizaram a campanha contra as novas medidas.  “O protesto é para mostrar aos clubes o que poderá acontecer se nós não estivermos aqui”, comentou Philipp Markhartdt, porta-voz do grupo ProFan. A intenção dos torcedores é ampliar as ações para mais estádios na próxima rodada da Bundesliga.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo