Alemanha

Para passar um pouco de frio

Pela segunda vez desde 1963, quando a Bundesliga foi criada na Alemanha, o Bayer Leverkusen vai para a pausa de inverno com o título do primeiro turno. A única foi na temporada 2001/02. A suada vitória por 3 a 2 sobre o Borussia M'Gladbach no encerramento da primeira metade do campeonato garantiu a liderança isolada aos Leões. O time nunca conquistou um Campeonato Alemão.

Na caminhada invicta do Bayer nesta temporada – foram 9 vitórias e 8 empates nos 17 jogos disputados –, o grande nome foi o jovem Toni Kroos. O meia-atacante conduziu o time das aspirinas com qualidade, sempre auxiliado pelo suíço Barnetta e pelo artilheiro Kiessling, que também fazem ótimas campanhas até aqui. Kroos tem seus direitos federativos presos ao Bayern de Munique e está emprestado ao Leverkusen até a metade de 2010.

Por falar em Bayern de Munique, os Bávaros mostraram que entraram de vez na briga pelo título nesta reta final de primeiro turno. A goleada por 5 a 2 sobre o lanterna Hertha Berlim deixou a equipe a apenas dois pontos do líder, na terceira colocação. O vice-campeão simbólico foi o Schalke 04.

Hamburg e Borussia Dortmund se recuperaram nas últimas partidas e também vão para o recesso sonhando em conquistar o prato de salada – trofeu dado ao campeão da Bundesliga. O Dortmund comemorou seu centenário com uma vitória magra, mas muito importante, sobre o Freiburg, e já está há dez jogos sem saber o que é derrota no torneio.

Na parte de baixo da tabela, o Hertha Berlim amarga a última colocação com a incrível marca negativa de apenas 11,7% de pontos conquistados. Foram seis em 51. O Nuremberg, penúltimo colocado, tem o dobro de pontos que o time da capital. O Bochum completa a zona de rebaixamento com 16, mesma pontuação do Stuttgart, que tem melhor saldo de gols.

O segundo turno volta no dia 15 de janeiro, uma sexta-feira, com o jogo Bayern de Munique x Hoffenheim, na Allianz Arena. Outros oito jogos completam a 18ª rodada nos sábado e domingo seguintes, dias 16 e 17.
 

Números
 

O Bayer Leverkusen terminou com o melhor ataque e artilheiro do primeiro turno. Kiessling fez 12 dos 35 gols da equipe. Hamburgo e Bayern de Munique anotaram 34 gols cada, enquanto Werder Bremen e Wolfsburg fizeram 32.
 

O time que menos marcou gols foi o Colônia. Mesmo com Podolski, titular da seleção alemã, a equipe fez apenas 10 gols – três deles na última rodada, contra o Nuremberg, que tem o segundo pior ataque com 12 gols anotados.
 

Nas 153 partidas do turno, 419 gols foram marcados – média de 2,74 por jogo. A temporada 1983/84 da Bundesliga é a que tem a melhor média de gols em toda história: foram 1.036 gols em 306 partidas, uma excelente marca de 3,58 gols por jogo.
 

No quesito público nos estádios, a atual temporada, por enquanto, é a melhor da história. Até o momento, mais de 6,5 milhões de pessoas acompanharam os jogos ao vivo no campo, alcançando a média de 42.779 espectadores por partida. Essa marca supera a passada, que é a melhor da Bundesliga com 41.904 pessoas por jogo.
 

Neste ano, o Borussia Dortmund lidera a estatística de torcida. Como sempre. O time do Vale do Ruhr levou ao Westfalenstadion 687.674 pessoas, uma média espetacular de mais de 76.400 torcedores por jogo. O Bayern de Munique é o segundo colocado com 69.000, seguido pelo Schalke, que leva uma média de 61.100 espectadores por partida.
 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo