AlemanhaBundesliga

O Bayern goleou, mas Neuer fez uma defesaça que realmente valeu o resultado

Os dez primeiros minutos davam impressão de que seria um daqueles massacres do Bayern de Munique. Não chegou a tanto. Os bávaros abriam dois gols de vantagem logo de cara, mas passaram mais aperto do que esperavam contra o Colônia na Allianz Arena. No fim, prevaleceu a vitória por 4 a 1. Muito graças a Manuel Neuer, que evitou o empate dos visitantes com defesas magistrais. Uma delas suficiente para lembrar porque ele é considerado o melhor goleiro do mundo, e com algumas sobras.

VÍDEO: O Bayern comemora os seus 115 anos com uma grande retrospectiva de sua história

Em uma pressão impressionante, o Bayern abriu o placar com menos de três minutos. A partir de um escanteio cobrado por Robben, Schweinsteiger apareceu na área para estufar as redes. Pouco depois, foi a vez de Ribéry reiterar sua boa fase desde que se livrou das lesões. O francês limpou a marcação na entrada da área e deu um chute certeiro, sem chances de reação para Horn. O goleiro, aliás, apareceu bastante para evitar um placar ainda mais elástico logo de cara.

Depois do apuro inicial, o Colônia encontrou o seu rumo na partida. Passou a se defender muito bem e a explorar os contra-ataques. Ujah era a principal arma ofensiva dos alvirrubros e diminuiu a diferença nos acréscimos, em uma cabeçada no canto. E o tento empurrou ainda mais os visitantes, equilibrando a partida no início do segundo tempo.

Aos 13 minutos, veio a grande chance do empate do Colônia. Ujah finalizou a queima-roupa e Neuer operou um verdadeiro milagre, espalmando a bola para escanteio. Na sequência, o goleiro ainda realizaria outra grande defesa, parando o chute de Marcel Risse. O alívio que o Bayern precisava para buscar a vitória. Dez minutos depois, Robben deixou o dele, de cabeça, escorando cruzamento perfeito de Ribéry. E coube a Lewandowski fechar o placar, completando de peito, quase em cima da linha, o chute de Robben.

VEJA TAMBÉM: Garotinho ganhou cafuné de Schweinsteiger e não quis mais lavar o cabelo

Pelo placar e pelos números, outra vez Robben e Ribéry sairão como protagonistas de mais uma vitória do Bayern, chegando a 58 pontos na Bundesliga. Porém, é preciso reconhecer a importância de Neuer na conquista dos três pontos. Se Pep Guardiola possuem um time tão bom, não é apenas por seu ataque massacrante, mas também pela qualidade defensiva. E a presença de Neuer faz uma diferença enorme para o setor, não só por sua saída de gol, como também pela enorme capacidade sob as traves. Por mais que a dupla de pontas tire o marasmo do tiki-taka no ataque, o camisa 1 é mesmo a peça mais imprescindível da equipe.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo