Alemanha

Novo contratado do Dortmund é mais rápido que Bolt

Usain Bolt é considerado o homem mais rápido do mundo. O atleta, recordista dos 100 metros rasos, a prova mais rápida do atletismo, tem o tempo de 9,69 na prova. Só que o novo contratado do Borussia Dortmund, Pierre-Emerick Aubameyang, conseguiu uma façanha: foi mais rápido que o jamaicano nos testes físicos no novo clube.

O teste realizado na pré-temporada dos aurinegros, em Bad Ragaz, na Suíça, consistia em uma arrancada de 30 metros. O gabonês fez o tempo de 3,7 segundos – mais rápido que o homem mais rápido do mundo. O tempo é 0,1 segundo mais rápido do que Bolt fez no dia que bateu o recorde mundial, em Berlim, 2009.

O feito, claro, foi muito elogiado pelos dirigentes. “Pierre é sem dúvida um dos jogadores mais rápidos que já jogou aqui”, afirmou Michael Zorc, diretor esportivo do clube. E para Otto Pfister, técnico que já trabalhou com Aubameyang, acredita em muito sucesso do novo jogador do Dortmund na liga alemã. “Aubameyang será fatal na Bundesliga, mas apenas para os seus adversários”, disse. “Eu nunca vi um jogador tão explosivo quanto ele”.

Segundo o site TransferMarkt, Aubameyang foi contratado por € 13 milhões pelo Borussia Dortmund. O jogador estreou contra o Basel, na quarta-feira, em amistoso contra o Basel. Os aurinegros venceram por 3 a 1. Ele vestirá a camisa 17 no novo clube.

Nascido em Laval, na França, é filho de Pierre Aubameyang, de quem herdou o nome, e que jogou pela seleção do Gabão. Por isso ele escolheu defender as cores do país africano, apesar de ter jogado, ainda nas categorias de base, pela seleção francesa sub-21. Veio das categorias de base do Milan, mas não conseguiu se firmar nos rossoneri. Foi emprestado ao Dijon, Lille, Monaco e Saint Etienne, que o comprou em 2011. Foi lá que o jogador se firmou, teve a melhor fase da carreira e brigou pela artilharia da Ligue 1 na temporada 2012/13. Chamou a atenção do Dortmund. E agora tentará repetir o sucesso. Será que consegue ser, além de rápido, eficiente como foi na França?

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo