AlemanhaBundesliga

Müller: “Guardiola ficava um pouco dentro do seu próprio mundo”

Thomas Müller, em entrevista ao Bild, deu uma declaração interessante sobre o perfeccionismo de Pep Guardiola. Falando sobre as diferenças entre o técnico espanhol e Carlo Ancelotti. Segundo o depoimento do atacante, Guardiola vivia dentro do seu próprio mundo, buscando soluções perfeitas incessantemente.

LEIA MAIS: Bayern de Munique começa atropelando seu maior freguês recente na Bundesliga

“Pep ficava pensando sobre as soluções perfeitas o dia inteiro. O dia inteiro ficava pensando sobre como poderia mover os jogadores dois ou três metros em certas situações no campo para encontrar a solução perfeita. Isso era maluco, no bom sentido”, disse.

Ao contrário, Ancelotti é mais próximo dos jogadores e, segundo Müller, seus treinamentos são mais divertidos. “Guardiola ficava um pouco dentro do seu próprio mundo”, contou. “Ancelotti tem um jeito bom de lidar com os jogadores e espero que seja bem sucedido”.

Por enquanto, está tudo bem: o Bayern de Munique goleou o Werder Bremen por 6 a 0 na primeira rodada da Bundesliga, na última sexta-feira.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo