Alemanha

Mertesacker jogará mais uma temporada antes de virar diretor da base do Arsenal

Per Mertesacker, campeão do mundo com a Alemanha, está próximo do fim da sua carreira. Apesar de ter apenas 32 anos, as lesões têm custado um preço alto: o zagueirão de quase dois metros disputou apenas duas partidas na última temporada pelo Arsenal. Mertesacker jogará mais uma temporada em campo antes de assumir sua nova função dentro do clube londrino. Foi anunciado que será o novo diretor das categorias de base dos Gunners.

LEIA MAIS: O preço foi alto, mas Lacazette é uma grande contratação para o ataque do Arsenal

Mertesacker chegou ao Arsenal em 2011, contratado no último dia da janela de transferências ao lado de Mikel Arteta, André Santos e Benayoun. Tornou-se capitão do clube, com 209 partidas disputadas, oito gols, e três títulos da Copa da Inglaterra, além da Supercopa de 2015. Jogou mais 104 vezes pela seleção alemã e também conquistou a Copa da Alemanha pelo Werder Bremen.

A base do Arsenal tem sido comandada por Luke Hobbs, desde que Andries Jonker saiu para treinar o Wolfsburg, em fevereiro. “Este é o começo de um emocionante novo capítulo para mim e estou feliz por poder continuar fazendo parte da família Arsenal”, disse Mertesacker. “Nesta temporada, eu vou me manter concentrado no meu trabalho com o time e estou ansioso por uma boa temporada no gramado. Depois disso, estou ansioso pelo desafio de ajudar a produzir jovens jogadores bons o bastante para atuar no primeiro time do Arsenal”.

Os conselhos de Mertesacker já foram considerados valiosos por jovens do Arsenal, como Calum Chambers, e ele é visto como um importante mentor dentro do clube, tanto que se tornou capitão. Também pode ajudar a equilibrar a formação de jogadores defensivos e ofensivos, uma vez que a boa academia dos Gunners tem a tendência a produzir mais atletas de ataque.

“Per tem um caráter excepcional e é um grande exemplo para os jogadores jovens. Ele pensa profundamente sobre o jogo e é comprometido a ajudar jogadores a alcançarem seus potenciais”, explicou o técnico Arsène Wenger.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo