Alemanha

Löw rebate críticas e ameaça Ballack

O clima entre Michael Ballack e os dirigentes da seleção alemã continua complicado. Nesta quinta-feira, o capitão foi chamado para uma reunião após as críticas feitas pelo jogador, em uma entrevista, ao técnico Joachim Löw.

Low declarou que deseja falar pessoalmente com Ballack antes de decidir qual será o futuro dele na Nationalelf. “Eu direi a Michael que eu estou extremamente decepcionado sobre o caminho que ele escolheu, e que seus comentários são inaceitáveis”, disse o treinador.

O jogador do Chelsea disse que sua atitude em relação ao futuro na seleção dependerá desta reunião. Ballack ainda afirmou que “respeito e lealdade são o mínimo que se pode esperar na seleção”, referindo-se à exclusão do colega Torsten Frings dos dois últimos jogos da Alemanha pelas eliminatórias da Copa do Mundo.

Após a conversa, Löw pode até mesmo tirar o posto de capitão de Michael Ballack. “Ninguém, nem mesmo o capitão, tem direito de criticar publicamente a seleção e as pessoas que fazem parte dela”, concluiu.

Leia mais:

Em entrevista, Ballack faz críticas pesadas a Löw

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo