AlemanhaBundesliga

Lewandowski deve compensar o seu aumento de salário

É bem óbvio dizer que receber um aumento considerável no salário é algo que deixa qualquer funcionário feliz. Isso se torna uma sentença ainda mais precisa quando falamos de um caso como o de Robert Lewandowski.

Ele jogou muita bola na última edição da Liga dos Campeões e foi cobiçado por outros grandes clubes europeus, mas permaneceu no Dortmund. Chateado com a diretoria, foi agraciado com um aumento de quase 200%.

A generosidade soou meio desesperada por parte do clube, mas é uma forma de tentar segurar o polonês pelo menos até a próxima temporada.

Ao que podemos ver pela atuação de hoje contra o Werder Bremen, na vitória magra por 1 a 0 em casa, Lewandowski parece menos relutante em continuar defendendo a equipe aurinegra. O gol foi bem fácil, convenhamos: uma daquelas bolas que aparecem no meio da área e você não tem nem o goleiro pela frente. Mas, a vontade do polonês em campo foi algo a se elogiar.

Diante de um adversário mais bem postado na defesa, o Dortmund encontrou dificuldades para furar o bloqueio defensivo do Werder, conseguindo apenas um gol na segunda metade da etapa complementar. Nada que vá preocupar muito Jürgen Klopp, mas ele certamente tem condições de tirar muito mais do seu time, ofensivamente falando.

Até o fim da temporada, ele terá de ralar tanto quanto fazia na temporada passada, para que tanto a diretoria quanto a torcida enxerguem um bom investimento em ter aumentado tanto assim o seu salário. É compreensível que Lewandowski queira mudar de ares antes do contrato terminar, mas nada justifica forçar uma saída ou ficar de bico pedindo que dobrem seu ordenado.

No fim das contas, Robert conseguiu o que queria, mas terá de pagar esses 200% em forma de gols. Muitos gols.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é editor-chefe da Revista Relvado, zagueiro ocasional, ex-jornalista, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo