Alemanha

Klopp no Bayern é uma realidade mais próxima do que parece

Para atrair técnico do Liverpool em 2025, Bayern de Munique considera contratar Ralf Rangnick, da Áustria, por uma temporada

Jürgen Klopp decidiu no início deste ano deixar o Liverpool após 9 anos à frente do clube inglês. No seu anúncio oficial, o treinador explicou que deseja tirar ao menos um ano sabático antes de voltar a comandar alguma equipe. E, aparentemente, existe uma considerável possibilidade do clube já estar pré-determinado.

Segundo a revista Kicker, popular na Alemanha, o Bayern de Munique está criando uma estratégia bastante alternativa para contar com o treinador alemão a partir do próximo ano. E isso, obviamente, também tem a ver com o planejamento para a temporada 2024/2025, em que Thomas Tuchel certamente não seguirá no comando da equipe bávara.

Outro treinador antes de Klopp

Segundo a publicação, a nova possibilidade discutida pela diretoria do Bayern é contratar Ralf Rangnick, atual técnico da Áustria, por uma temporada, e Klopp assumiria o comando do clube da Baviera a partir de 2025/2025.

A possibilidade de trazer Klopp em um médio prazo acontece porque as duas principais prioridades do Bayern tomaram outros caminhos. Xabi Alonso decidiu permanecer no Bayer Leverkusen e na última sexta-feira (19), Julian Nagelsmann renovou até 2026 com a Seleção Alemã.

Por mais que outros nomes como Roberto de Zerbi, do Brighton, ainda sejam considerados, a opção por Ralf Rangnick parece uma das mais quentes no momento para o Bayern de Munique. O técnico alemão, que conduziu recentemente a Áustria para a Eurocopa que será disputada neste ano, não tem um passado recente de sucesso em clube grande.

Trabalho aquém do esperado no United

Antes de assumir a seleção europeia, Rangnick assumiu o Manchester United interinamente no lugar de Ole Gunnar Solskjær, antes de Erik ten Hag assumir o comando dos Red Devils. Sob o seu comando, que durou de novembro de 2021 a maio de 2022, o time inglês terminou na sexta colocação da Premier League.

Mesmo assim, Rangnick é um treinador com certo prestígio em sua terra natal. Ele fez trabalhos relevantes em Stuttgart, Schalke 04 e Hoffenheim nos anos 2000, e também trabalhou como diretor esportivo do RB Leipzig durante os anos de crescimento do clube.

Caso deixe a Áustria, que pela Eurocopa enfrentará França, Holanda e Suíça na fase de grupos, existe a possibilidade dele assumir, mesmo que com prazo estipulado, o maior clube de seu país. Seria uma manobra perfeita para tentar atrair Klopp após seu ano sabático.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo