AlemanhaMundoOlimpíadas

Inspirada por 2006, Alemanha quer Eurocopa e Olimpíadas em 2024

Sediar grandes eventos é algo muito custoso e tornou-se alvo de questionamento pelo alto custo. As Olimpíadas de Inverno, por exemplo, estão sem candidatos para 2022. Se receber um evento já é difícil, dois parece demais. Mas é o que a Alemanha quer. Hamburgo será candidata a sediar a Olimpíada de 2024, enquanto o país será candidato a sede da Eurocopa do mesmo ano. Os alemães se inspiram no sucesso de 2006, quando foram os anfitriões da Copa do Mundo.

LEIA TAMBÉM: Entenda como é definido o desenho da camisa de seu time, até aquele que você odeia

Receber a Copa do Mundo de 2006 fez muito bem aos alemães, que aumentaram a autoestima, modernizaram seus estádios e tornaram a Bundesliga ainda mais forte como uma consequência direta – também fruto de muito trabalho da federação, liga e clubes, é bom ressaltar. Mas é inegável que a boa imagem que a Copa do Mundo deixou ajudou a liga local a se fortalecer, ter uma explosão da média de público, uma melhora na imagem interna e externa e tornando a Alemanha um destino para lá de atraente.

Hamburgo venceu a concorrência interna com Berlim para ser a representante alemã na disputa para sediar a Olimpíada de 2024 contra cidades como Boston, Roma, Paris, Baku, Doha e Istambul. A Alemanha quer sediar a Eurocopa de 2024, que voltará a ter um país como sede – em 2020 a competição será disputada em diversas cidades espalhadas pela Europa. Uma ideia ousada em um momento que os gastos públicos estão contidos na maior parte do mundo.

“Se tem um país capaz de sediar ambos grandes eventos de esporte no mesmo ano, é a Alemanha”, afirmou o secretário-geral do Comitê Olímpico Alemão (DOSB), Michael Vesper. Para o dirigente, não há risco de problemas de datas, uma vez que a Eurocopa acontece em junho/julho e a Olimpíada é em julho/agosto. “Há espaço suficiente”, continuou Vesper. Os alemães não sediam a Olimpíada desde 1972, quando Munique recebeu os jogos.

É verdade que a média de público da Bundesliga já era alta até 2006, quando o país sediou a Copa, mas foi além e tornou-se a liga de futebol com maior média de público do mundo com 43.502 pessoas por partida na temporada 2013/14. Se considerarmos os outros esportes, só uma liga supera a alemã: a NFL, de futebol americano, que alcança a incrível média de 68.776 pessoas por partida. Da Copa do Mundo de 2006 em diante, a média aumentou.

Média de público da Bundesliga ao longo do tempo:

2004/05: 37.813
2005/06: 40.779
2006/07: 39.957
2007/08: 39.444
2008/09: 42.565
2009/10: 41.802
2010/11: 42.673
2011/12: 45.116
2012/13: 42.421
2013/14: 43.502

Os alemães também já se mostraram preocupados com o crescimento da Premier League inglesa e querem que a Bundesliga ganhe força para brigar pelo posto de melhor liga. A liga estuda medidas impopulares para diminuir o abismo financeiro que coloca os clubes ingleses à frente. Tudo por causa do acordo de TV que levou a Premier League ao incrível patamar de € 6,9 bilhões. Pode ser difícil imaginar sediar Olimpíada e Eurocopa no mesmo ano, é uma ideia ousada, mas se tem alguém com cacife para fazer isso é a Alemanha. É esperar para ver se o COI e a Uefa gostarão dessa ideia.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo