Alemanha

Ele manda prender e soltar

Em 2009/10, o Werder Bremen iniciava a temporada cercado de dúvidas sobre como o time iria reagir à saída de Diego, então vendido para a Juventus. Pois bem, Mesut Özil o substituiu, oscilando um pouco mais, mas conduzindo o time à terceira colocação e consequente vaga na Liga dos Campeões. Valorizado após o bom desempenho na Copa do Mundo, Özil foi vendido nesta terça-feira, e as incertezas voltaram a rondar o Weserstadion. Mas a boa vitória por 3 a 1 sobre a Sampdoria, na fase eliminatória da LC, mostrou que a perda não teve impacto imediato sobre o time.

Existem algumas razões para isso. A primeira delas é o fato da performance de Özil no Mundial ter dado a impressão momentânea de que a equipe dependia única e exclusivamente dele, o que nunca foi verdadeiro. Além disso, os Verdes possuem outras boas opções para o setor ofensivo. Jogadores como Claudio Pizarro, Aaron Hunt e Hugo Almeida, se estão longe de ser brilhantes como o camisa 8 da seleção alemã, demonstram eficiência e, atuando juntos no novo esquema de Thomas Schaaf, incomodaram a defesa italiana durante toda a partida.

A chave para a vitória, porém, esteve no meio-campo, mais especificamente com Torsten Frings, que manda prender e soltar por ali já há algum tempo. Aos 33 anos, o volante mostrou que ainda tem muita lenha para queimar e comandou quase todas as ações defensivas e ofensivas da equipe. Desarmou com eficiência, passou a bola com precisão e na falta de um meia que saiba armar o jogo, foi o principal organizador de jogadas da equipe, além de ter distribuído botinadas e dado broncas nos companheiros quando julgou necessário. De quebra, ainda fez, de pênalti, o segundo gol.

Seus companheiros nesta quarta-feira, Philipp Bagfrede e Tim Borowski, também tiveram uma boa presença durante toda a partida. O primeiro, além de exibir muita segurança na marcação, atacou com desenvoltura quando teve a bola nos pés e obrigou o goleiro Curci a fazer uma boa defesa. O segundo trouxe poder de marcação a um setor que só contava com três jogadores, além de ter acrescentado dinamismo ao time, sendo fundamental na manutenção da posse de bola no campo de ataque.

No ataque, os supracitados Hunt, Pizarro e Hugo Almeida cumpriram as expectativas. Destaque para o primeiro, que caiu pelos dois lados e, sempre que possível, imprimiu muita velocidade ao jogo, indo à linha de fundo e fazendo cruzamentos. O peruano, por sua vez, mostrou que ainda é decisivo nos momentos importantes ao marcar o terceiro gol da equipe e, junto com os outros dois, sufocar a zaga italiana durante a maioria dos 90 minutos.

A defesa cumpriu bem o papel dela quando necessário, com destaque para o lateral direito Clemens Fritz, que abriu o placar com um belíssimo chute de fora da área. Sebastian Prödl, que substituiu o contundido Naldo e o fará nesse início de temporada, cometeu poucos erros e teve boa atuação, assim como Mertesacker e Passanen, que, improvisado na lateral esquerda, soube guardar posição e ainda evitou que a Sampdoria abrisse o placar ainda no primeiro tempo.

Vale lembrar que Marko Marin, destaque da equipe na temporada passada e membro da seleção alemã que foi à Copa do Mundo, ficou praticamente o jogo todo no banco de reservas, mas, diante da boa atuação do time, acabou entrando apenas no final do segundo tempo. Se Schaaf mantiver o esquema, Marin disputa posição com Borowski e talvez precisará se educar defensivamente para que o seu futebol caiba no meio-campo do time.

Outro que vai precisar suar a camisa para conquistar seu espaço se confirmar a transferência para os Verdes é Wesley, que por enquanto ainda é do Santos. Dinâmico, rápido e habilidoso, ele tem todos os pré-requisitos técnicos para brilhar na Alemanha, mas se o time mantiver o bom momento, ele pode encontrar dificuldades. Outro que pode chegar é Hartem Ben Arfa, do Olympique de Marseille.

O capitão dos Verdes, que, além da qualidade nas quatro linhas, é conhecido pelo temperamento explosivo e já fez do atacante Marko Arnautovic, recém-contratado, sua primeira vítima em 2010/11. Há duas semanas, Frings chamou Arnautovic de “arrogante” publicamente e disse: “ele faz as coisas do próprio jeito, pergunta demais, é muito cheio de si, e isso não é muito bem vindo em Bremen”, alfinetou, após o austríaco criticar publicamente Thomas Schaaf.

Essas confusões podem ser amenizadas pelo bom momento da equipe, mas, para isso, é necessário que o Werder, pelo menos, consiga manter a vantagem sobre a Samp e conquiste a classificação para a fase de grupos. Caso contrário, os questionamentos sobre como a equipe se comportará sem Özil voltarão a aparecer, e certamente vão incomodar o grupo.

Bundesliga começa nesta sexta-feira

A Allianz Arena será o palco do jogo de abertura do Campeonato Alemão 2010/11, que envolverá Bayern de Munique e Wolfsburg, os últimos campeões do torneio. As duas equipes iniciam a temporada cercadas de expectativas e têm tudo para fazer um bom duelo nesta sexta-feira, a partir das 15h30.

No Bayern, que manteve a base do ano passado, a grande ausência é Arjen Robben que, contundido, ficará de fora desse início de temporada. Em contrapartida, os bávaros contam com Toni Kroos, Thomas Müller e Ribéry em ótimas condições, além de Miroslav Klose, que parece ter recuperado o espaço perdido em 2009/10, e do eficiente Ivica Olic, que, no jogo contra o Schalke 04 pela Supercopa da Alemanha, migrou para o lado direito do ataque e fez ótima partida.

Os Lobos confiam no entrosamento da dupla de ataque formada por Dzeko e Grafite, que poderão ser municiados por Misimovic, além de estrearem a dupla defensiva contratada para a temporada, formada por Arne Friedrich e Simon Kjar. A diretoria ainda negocia com a Juventus para contratar Diego.

Nos outros jogos da rodada, destaque para Hoffenheim e Werder Bremen, que se enfrentam no sábado, mesmo dia do confronto entre Hamburgo e Schalke 04. No domingo, o principal duelo será entre Borussia Dortmund e Bayer Leverkusen.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo