AlemanhaFrança

Brigaram pela camisa de Ibra, que resolveu o problema com a nobreza de um rei

Não é todo dia que o Red Bull Leipzig consegue enfrentar o Paris Saint-Germain. O clube alemão acabou de subir para a segunda divisão e a estrada até competições europeias ainda é gigantesca. Mas em um amistoso de pré-temporada, ali estavam Zlatan Ibrahimovic e uma oportunidade única para os jogadores: trocar camisas com Zlatan Ibrahimovic.

LEIA MAIS: Ibrahimovic: “Nem no videogame dá para fazer os gols que faço”

A partida acabou 4 a 2 para o PSG, e o capitão do Leipzig, Daniel Frahn, correu sem olhar para o lado na direção de Ibrahimovic para ficar com a camisa do craque. Achou que a braçadeira no seu braço esquerdo garantiria esse direito, mas o sueco já havia prometido a peça de roupa para o jovem Terrence Boyd, de 23 anos, que acabou de chegar do Rapid Viena.

“Desculpe, mas eu prometi para este jovem”, disse Ibrahimovic em resposta a Frahn, que ficou muito irritado. “Isso foi uma falta de respeito”, exclamou. Boyd, miudinho, garantiu que pediu desculpas no vestiário, afinal de contas, ele ainda não soma dois meses de carreira em Leipzig e não seria uma boa ideia brigar com o capitão assim tão cedo.

Eis que surgiu Ibrahimovic, com a nobreza de um rei. Salomão, talvez, mas com uma solução menos trágica que cortar um bebê ao meio. Trouxe outra camiseta e entregou para Frahn. “Eu tinha uma segunda camiseta seca comigo. O capitão pode ficar com essa”, explicou vossa majestade, semeando a paz e a amizade entre os seus súditos.

Você também pode se interessar por:

>>>> Ibrahimovic é faixa preta em golaços acrobáticos, desta vez em um treino

>>>> Promessa é divida: Ibrahimovic de graça no Borussia Dortmund?,

 

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.